Band E-Sports

O Band e-Sports é o espaço para falar sobre esportes eletrônicos formado por Daniel Filho, Gabriel Batistella e Moisés Martins. Assim como no YouTube, as principais novidades do setor serão apresentadas e comentadas aqui em forma de coluna no site do BandSports.

Band E-Sports

LOUD estampa o amadurecimento do cenário brasileiro de eSports

Por Moisés Martins 09/07/2021 • 10:57 - Atualizado em 09/07/2021 • 11:17
LOUD anunciou a loja Submarino como novo patrocinador na última quarta-feira
LOUD anunciou a loja Submarino como novo patrocinador na última quarta-feira
Divulgação/LOUD

Não há maior clichê dentro da mídia de eSports do que começar alguma conversa com a ideia ultrapassada de que são apenas jovens que ganham dinheiro para jogar videogame ou falar sobre as diversões conciliadas com profissão e as típicas manchetes a respeito de jogadores que desistiram de suas faculdades e afins.

De longe, esta é uma fase já deixada para trás há muito tempo e que evidencia a evolução de todo o cenário nos últimos anos. O passado composto por competições de MOBAs como DotA 2 ou FPS ao estilo de Counter Strike e Crossfire já foi por muito tratado como apenas um hobbie e desmerecidamente foi acusado de passatempo por parte dos integrantes das competições, que por fim se tornaram um alicerce para que hoje possamos alçar voos maiores na indústria de esporte eletrônico.

Quando a Mastercard chegou para patrocinar o CBLOL, víamos um grande potencial de investimento e que serviria para o amadurecimento das demais competições do cenário, que por sua parte também buscaram outros parceiros de maior expressão.

O que não esperávamos era que os acordos de parceria fossem firmados entre marcas consideradas como gigantes e organizações dentro do meio como a BMW fechando patrocínios com a paiN Gaming, por exemplo, mas que ainda assim não possuíam a força e engajamento dentro do público por serem de nichos completamente opostos, socialmente e financeiramente.

Tal como água e açúcar, a LOUD conseguiu combinar a força de uma poderosa base de fãs com potenciais investidores, anunciando primeiramente (e causando um grande impacto na mídia) o banco Itaú, um dos maiores do Brasil, como patrocinador master em seus uniformes e um grande material de divulgação que cativou todo o cenário, levando outras marcas a anunciarem parcerias semelhantes, como FURIA e Santander, evidenciando um significativo avanço de maturidade de todo o cenário e em todos os aspectos. Ainda seguindo a constante de anúncios, a organização recentemente divulgou a nova parceria com o Submarino, uma das maiores lojas virtuais e pertencente ao grupo B2W, que domina o meio do e-commerce.

Este fato nos leva ao seguinte ponto: a indústria esportiva já nota e evidencia o meio dos eSports, não como uma promessa mas sim como uma realidade altamente lucrativa. Com pouco tempo de existência a LOUD já conseguiu emplacar uma legião de fãs que bate de frente com as maiores torcidas do meio e ainda mexe com as barreiras até então estáveis que bloqueiam o crescimento e popularização dos esportes.

O expressivo número que ultrapassa os 20 milhões de seguidores nas redes sociais não representa um terço do potencial da marca de engajar a maturidade de todo um meio e dar um novo olhar para o mesmo.

  • band-e-sports
  • loud
  • esports
  • games
  • app