Band E-Sports

O Band e-Sports é o espaço para falar sobre esportes eletrônicos formado por Daniel Filho, Gabriel Batistella e Moisés Martins. Assim como no YouTube, as principais novidades do setor serão apresentadas e comentadas aqui em forma de coluna no site do BandSports.

Band E-Sports

Três vezes Pain Gaming, seis vezes brTT!

Por Moisés Martins 19/04/2021 • 07:31
Pain vence a Vorax e conquista o tricampeonato do CBLOL; brTT levanta a sexta taça
Pain vence a Vorax e conquista o tricampeonato do CBLOL; brTT levanta a sexta taça
Divulgação/Pain Gaming

Com um começo de split abaixo das expectativas e pouca presença nas principais previsões de finais dentre os especialistas, a Pain Gaming marcou história e protagonizou uma das recuperações mais memoráveis durante o campeonato. Desde a sexta semana até o momento anterior à decisão, o time havia conquistado nove vitórias e apenas uma derrota, com o primeiro reverse sweep do CBLOL na bagagem contra a LOUD nas quartas de final.  

Falar sobre merecimento seria fugir do âmbito esportivo da competição, mas era nítido entre os jogadores (que costumam ser muito ativos nas redes sociais) que a cobrança por resultados havia transcendido o Rift e já se aplicava em seus cotidianos. O atirador brTT chegou a comentar em algumas entrevistas sobre um período de reclusão das redes para aumentar a concentração nos jogos e o quanto isso o estava afetando e também ao time de modo geral, com o recém-chegado Luci ainda procurando se estabelecer dentro do line up.

Com a proximidade da grande final, muitos enxergavam uma vantagem significativa para a Vorax, que apresentava um jogo mais convincente e decisivo, chegando até mesmo a empatar com o líder Flamengo na pontuação geral da fase regular. De fato, o favoritismo sobrou no primeiro jogo, quando a Pain não soube responder à altura do rival e viu o primeiro revés no placar de forma silenciosa, talvez até mesmo trazendo resquícios de memórias da última final. Mas o que vimos nos jogos seguintes foi uma Pain mais dominante e que ditava o ritmo do mapa com muito controle e poder de decisão, engolindo qualquer reação dos adversários e destacando as brilhantes atuações individuais de brTT e Tinowns.  

O título veio após um terceiro jogo de total controle da Pain e que, sem surpresas no decorrer do tempo, conquistou de forma tranquila o tricampeonato nacional e ainda carimbou vaga para representar o Brasil no MSI. A cereja do bolo fica por parte de brTT, que levanta agora sua sexta taça do CBLOL e se torna o jogador com mais títulos da competição na história, passando à frente até mesmo da INTZ, organização pentacampeã e que ostenta o maior número de títulos dentre os demais times.

O saldo para os campeões é muito mais do que o planejado para a primeira etapa da temporada e transcende ainda as expectativas formadas ao decorrer da fase regular, o título fez a Pain levantar uma taça após seis anos sem triunfos no maior campeonato nacional, uma queda para o Circuito Desafiante e diversos momentos de instabilidade na tabela e no elenco. Individualmente, o triunfo impulsiona brTT a provar para todos que ainda há muito para ser feito no CBLOL e que parar de jogar é um plano ainda fora de vista.

  • band-e-sports
  • app
  • esportes
  • pain game
  • brtt
  • cblol
  • vorax