Eduardo Gambier

Estudante de Jornalismo apaixonado por artes marciais, começou a cobrir esportes de combate aos 16 anos de idade, tendo entrevistado grandes lendas do esporte, como José Aldo, Maurício Shogun, Demian Maia e Rafael Cordeiro. Já atuou como comentarista em eventos do MMA Internacional, como o ONE FC e PFL. Nesta coluna fará análises de forma imparcial sobre os maiores eventos e lutadores do mundo da luta.

Nocaute

Stipe Miocic x Francis Ngannou: a revanche do ano

Por Eduardo Gambier 25/03/2021 • 16:46
Stipe Miocic e Francis Ngannou se reencontram neste sábado no UFC 260
Stipe Miocic e Francis Ngannou se reencontram neste sábado no UFC 260
Divulgação/UFC

Em toda a história do MMA, o peso pesado sempre foi uma das categorias que mais causou dúvidas nas análises. A principal dificuldade é por conta do poder de nocaute e também pela falta de versatilidade. A preparação para o combate e a saúde mental são extremamente importantes para o alto desempenho. Daniel Cormier, ex-campeão mundial e comentarista, sempre bateu na tecla de que peso pesado não pode fazer mais de três embates no ano. Para o wrestling olímpico, a recuperação é primordial para a absorção dos golpes.

Stipe Miocic é com certeza o maior peso pesado do UFC. O descendente de croatas bateu o recorde de defesas de títulos na divisão e triunfou sobre os principais nomes da atualidade. Ngannou, por outro lado, atingiu o ápice da carreira agora. Após a derrota para Miocic pelo título mundial, o camaronês conquistou quatro vitórias seguidas por nocaute no primeiro round. Somando as quatro lutas, o porradeiro não chegou a completar dois minutos e meio de luta.

O segundo duelo no UFC 260 deste sábado, 27, promete ser um pouco diferente. Francis estará sob a tutela de Kamaru Usman, campeão da segunda divisão da NCAA, que prometeu um sistema defensivo de quedas mais eficiente. Já Miocic prometeu concentração máxima na luta e ajuste no sistema defensivo do boxe. O combate deve começar com ímpeto total de Ngannou nos primeiros minutos. Cabe ao norte-americano cortar as investidas do desafiante. Stipe tem a opção de fintar e entrar em queda ou utilizar a movimentação e contra golpear. Todos estão achando que se o duelo ficar restritamente em cima, Ngannou nocauteará fácil, mas não é bem assim.  

Miocic é campeão amador do principal torneio de boxe e possui agilidade superior. Ainda enxergo um certo favoritismo para o atual rei da categoria, que para sair com a mão levantada terá que ser inteligente. Quem vencer recepcionará Jon Jones no peso pesado. O maior de todos os tempos buscará outro cinturão em sua coleção. “Bones” já começou o processo para atingir um sobrepeso de maneira saudável e pode pintar no maior octógono do mundo no final o ano.

  • eduardo-gambier
  • ufc
  • stipe miocic
  • francis ngannou
  • mma
  • app