Eduardo Tironi

Jornalista há 28 anos, a maioria deles dedicados ao esporte, cobriu as Copas do Mundo de 1998 (França), pelo Notícias Populares, e 2006 (Alemanha) pelo Diário Lance!, onde foi editor-executivo. Sete anos como comentarista e editor-executivo na ESPN Brasil, tendo participado da cobertura da Copa do Brasil (2014) e da Olimpíada do Rio-2016 pelo canal.

Papo com Tironi

Ceni falou o que os outros deveriam reconhecer

Por Eduardo Tironi 24/06/2022 • 08:54
Ao contrário de segunda, Ceni pareceu mais leve e até sorriu na coletiva de quinta
Ao contrário de segunda, Ceni pareceu mais leve e até sorriu na coletiva de quinta
Twitter/São Paulo

Até dá vontade de cair na tentação de achar que Rogério Ceni leu o texto que escrevi quarta-feira neste espaço dizendo que ele é o melhor para o São Paulo neste momento. Pois foi exatamente o que o próprio treinador disse após a vitória do seu time contra o Palmeiras no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil.

E as razões apontadas por ele (sem falsa modéstia nenhuma) foram as mesmas que eu mesmo apontei: não há ninguém que conheça tão bem o São Paulo e que tenha a dedicação e obsessão que ele tem por trabalho.

Hoje, as palavras de Ceni soam arrogantes para os adversários e corretas para o torcedor são-paulino. Mas porque ocorreu uma grande vitória sobre o melhor time do continente. Nesta condição, tudo fica mais fácil.

Uma das belezas do futebol é a ressurreição possível em pouco tempo. Segunda-feira, Rogério nem queria ter dado entrevista após a virada sofrida para o mesmo Palmeiras no mesmo local por 2 a 1 nos minutos finais.

Nesta quinta-feira, Rogério até sorriu. Estava mais leve e ao mesmo tempo mais incisivo, o que ficou claro quando disse que muita gente o ataca para atacar a instituição, porque sabe o quanto ele é relacionado a ela.

Se esta é uma beleza do futebol, a crueldade é saber que o que aconteceu nesta quinta-feira pode ter prazo de validade. Há um jogo de volta em breve no Allianz Parque, terreno costumeiramente hostil para o São Paulo. Se a classificação não vier (e a chance de isso acontecer é bem considerável), terá quem duvide de que Ceni é o melhor para o clube neste momento. 

Ceni vai continuar achando que ele é o cara para este momento. E ele seguirá tendo razão.

  • eduardo-tironi
  • rogério ceni
  • são paulo
  • palmeiras
  • futebol
  • app