Eduardo Tironi

Jornalista há 28 anos, a maioria deles dedicados ao esporte, cobriu as Copas do Mundo de 1998 (França), pelo Notícias Populares, e 2006 (Alemanha) pelo Diário Lance!, onde foi editor-executivo. Sete anos como comentarista e editor-executivo na ESPN Brasil, tendo participado da cobertura da Copa do Brasil (2014) e da Olimpíada do Rio-2016 pelo canal.

Papo com Tironi

Na briga contra Hulk, Cuca é mais fraco

Por Eduardo Tironi 26/04/2021 • 09:24
Recentemente, Hulk reclamou por achar que está tendo pouco tempo em campo
Recentemente, Hulk reclamou por achar que está tendo pouco tempo em campo
Reprodução/Instagram Hulk/Pedro Souza

No futebol, sobretudo o brasileiro, a cobrança está diretamente relacionada à expectativa. Neste aspecto, dois treinadores sofrem neste começo de temporada: Rogério Ceni e Cuca. Expectativa altíssima, cobrança altíssima.

Ceni terá eternamente a sombra do Flamengo de Jorge Jesus. A construção de uma relação entre ele e a torcida passa pelo sucesso a cada jogo. A Taça Guanabara conquistada no sábado ajuda. Mas tudo pode mudar dependendo do resultado do jogo da Libertadores no meio de semana contra o Unión La Calera.

No caso de Cuca, o fim de semana trouxe mais um inimigo para o campo de batalha. O Galo venceu o Athletic pelo Campeonato Mineiro, mas não convenceu. A isso soma-se o empate na semana passada na Libertadores contra o Deportivo La Guaira e antes a derrota no clássico para o enfraquecido Cruzeiro. O caldeirão já estava fervendo, quando a insatisfação da principal contratação da temporada se revelou. Hulk saiu de campo cobrando mais tempo em campo.

Trata-se de uma disputa desigual: de um lado o treinador que chegou para transformar um clube que dispõe de uma injeção enorme de dinheiro e um punhado de bons jogadores em um ótimo time de futebol. Do outro, o nome que simboliza o Galo rico. A contratação mais impactante.

Claro que a torcida já escolheu seu lado. O gesto de Hulk só empurra um pouco mais o treinador para o cadafalso.

Na entrevista coletiva pós-jogo contra o Athletic, Cuca ainda tentou mostrar que ele e Hulk estão trabalhando juntos para que o atacante volte a brilhar como em seus melhores dias.

Mas apenas as palavras não serão suficientes. A mistura de ingredientes como time estrelado, medalhão contrariado e maus resultados costuma ser pior para o mais fraco. Neste momento, está muito evidente quem é o mais fraco neste cabo de guerra.

  • eduardo-tironi
  • app
  • futebol
  • hulk
  • cuca
  • atlético-mg
  • galo