Eduardo Tironi

Jornalista há 28 anos, a maioria deles dedicados ao esporte, cobriu as Copas do Mundo de 1998 (França), pelo Notícias Populares, e 2006 (Alemanha) pelo Diário Lance!, onde foi editor-executivo. Sete anos como comentarista e editor-executivo na ESPN Brasil, tendo participado da cobertura da Copa do Brasil (2014) e da Olimpíada do Rio-2016 pelo canal.

Papo com Tironi

Primeiro turno separa homens de meninos no Brasileiro

Por Eduardo Tironi 25/07/2022 • 09:44
De volta ao clube após 7 meses, Cuca pode ser o grande trunfo do Galo na briga pelo título
De volta ao clube após 7 meses, Cuca pode ser o grande trunfo do Galo na briga pelo título
Divulgação/Atlético-MG

A última rodada do primeiro turno do Brasileiro sacramenta uma divisão que já se anunciava nos últimos tempos: a separação entre homens e meninos no campeonato.

Muitos podem argumentar que a diferença de pontos entre os times é muito pequena, que tem time com distância equivalente entre o G4 e o Z4… mas passada a metade exata do certame já é possível apontar quem de fato briga pelo título.

E este clube já está ficando restrito. Com alguma dose de boa vontade dá para dizer que do sétimo colocado para cima todos brigam. Mas é necessária uma imensa dose de otimismo para acreditar nisso, exceto pelo sexto colocado, o Flamengo. O Rubro-Negro se diferencia de todos os outros da briga por causa do elenco, o melhor do Brasil com folga. Não foi por outro motivo senão a superioridade técnica que o time virou o jogo em cima do Avaí na Ressacada, emendando sua terceira vitória seguida e deixando ex-concorrentes para trás. A distância para o líder Palmeiras ainda é oceânica: nove pontos, mas com tanto jogador bom, não dá para duvidar do Fla.

O problema é que o líder insiste em forçar o ritmo na maratona. Venceu mais uma, desta vez contra o Inter, que é um daqueles que já pode se contentar com o G4, porque o título parece muito improvável. O mesmo dá para dizer do Atlético Paranaense.
 
Além do Flamengo, a briga está mesmo restrita aos quatro primeiros colocados atuais: Palmeiras, Corinthians, Fluminense e Atlético-MG. Dali deve sair o novo campeão brasileiro. 

Palmeiras pelo óbvio, o futebol consistente que joga. O Corinthians pela solidez defensiva (e por vitórias imensas como a deste domingo contra o Galo). O Flu porque joga o futebol mais interessante do País no momento e porque tem calendário mais folgado. E o Galo.. ora, porque Cuca vem aí.

  • eduardo-tironi
  • futebol
  • app
  • brasileirão
  • palmeiras
  • cuca
  • galo