Eduardo Tironi

Jornalista há 28 anos, a maioria deles dedicados ao esporte, cobriu as Copas do Mundo de 1998 (França), pelo Notícias Populares, e 2006 (Alemanha) pelo Diário Lance!, onde foi editor-executivo. Sete anos como comentarista e editor-executivo na ESPN Brasil, tendo participado da cobertura da Copa do Brasil (2014) e da Olimpíada do Rio-2016 pelo canal.

Papo com Tironi

Um abismo separa Palmeiras e Flamengo hoje

Por Eduardo Tironi 10/06/2022 • 10:03
Finalistas da última Libertadores, Palmeiras e Flamengo vivem momentos opostos em 2022
Finalistas da última Libertadores, Palmeiras e Flamengo vivem momentos opostos em 2022
Divulgação/SE Palmeiras/Cesar Greco

A final da Libertadores de 2021 foi uma decisão entre times muito equilibrados. Pode-se argumentar que o Palmeiras era mais organizado, mas nunca é demais lembrar que o jogo foi decidido com uma gigante falha individual de Andreas Pereira. E que o Flamengo teve chance de fazer gol nos pés de Michael.

Daquele dia até ontem, passaram-se 194 dias. E a distância entre Palmeiras e Flamengo nunca foi tão grande desde então.

Na quinta-feira, Paulo Sousa comandou um treinamento para o Flamengo em Atibaia. Enquanto isso acontecia, a diretoria do clube acertava os últimos detalhes para a contratação de Dorival Júnior como novo treinador. Sem a menor cerimônia comunicou o desligamento do português ao cair da tarde.

Poucas horas depois o Palmeiras entrava em campo para massacrar o Botafogo no Allianz Parque e assumir a liderança do Brasileiro. Na tabela, a distância entre os dois times é de sete pontos. Mas no momento de cada clube o abismo é bem maior.

O Palmeiras mantém seu treinador há muito tempo e é o bicampeão da América. O Flamengo já vai para seu quinto comandante desde que Jorge Jesus passou por aqui.

Após a conquista da Libertadores contra o Fla, o Palmeiras reformulou seu elenco e abriu mão de veteranos. Após o vice, o Flamengo renovou com todos os medalhões que brilharam em 2019, mas têm pouco a entregar em campo, embora tenham muito poder fora dele.

O Palmeiras é o time a ser batido em 2022. O Flamengo tenta juntar os cacos.

  • eduardo-tironi
  • palmeiras
  • flamengo
  • futebol
  • esportes
  • app