Fábio Piperno

O jornalista Fábio Piperno participou in loco pelo Bandsports de coberturas de Copas do Mundo, Jogos Olímpicos, Libertadores e Copa América.

Flamengo e Liverpool mostram por que o São Paulo virou coadjuvante

Por Fábio Piperno 25/06/2021 • 18:42 - Atualizado em 28/06/2021 • 07:18
Daniel Alves pode desfalcar o Tricolor por oito jogos por causa dos Jogos Olímpicos
Daniel Alves pode desfalcar o Tricolor por oito jogos por causa dos Jogos Olímpicos
Instagram/Daniel Alves

Não está fácil a vida do técnico Sylvian Rippell, responsável pela seleção francesa que disputará os Jogos Olímpicos de Tóquio. Diferentemente do São Paulo, que não se opôs à liberação de Daniel Alves, e à semelhança do Flamengo, que não quer ceder Pedro, Lyon e Rennes já avisaram que não enviarão seus jogadores para disputar a medalha olímpica.

A lista de Rippel inclui, entre outros, a revelação Camavinga, meio-campista do Rennes, e o meia Maxence Moqueret, do Lyon. Os presidentes dos clubes afirmaram que os dois não viajarão a Tóquio. Por sinal, o Lyon informou que o único olímpico do clube será o brasileiro Bruno Guimarães e assim mesmo porque a liberação do jogador estava prevista em contrato. Do contrário, também não iria.

A situação para Rippell tende a se agravar porque outros clubes franceses já sinalizam mais vetos. Enquanto isso, o relógio corre. O prazo final para a entrega da lista de jogadores expira no próximo dia 30. Por enquanto, garantidos mesmo estão Gignac e Thauvin, ambos do mexicano Monterrey.

Clubes como Lyon e Rennes não querem atrapalhar a preparação para a temporada que se avizinha, que será ainda mais difícil por causa do calendário apertado. No caso da França, os convocados para a Olimpíada poderiam ir para Tóquio sem correr o risco de desfalcar seus times na Ligue 1. Mas os clubes que pagam seus salários não querem nem saber. E Rippel que se vire.

Por aqui, o São Paulo poderá perder Daniel Alves por até oito jogos, entre Brasileirão, Libertadores e Copa do Brasil. Isso, claro, se a seleção avançar até a disputa por medalhas. Mas como o principal jogador do time quer ir para Tóquio, que se danem os interesses do clube, que está no Z4 do Brasileirão e que enfrentará Racing e Vasco nas oitavas das Copas desfalcado de seu maior craque.

Na contramão do Tricolor, o Flamengo esgrime contra a CBF para não perder Pedro. E o Liverpool se negou a liberar Salah para o Egito.

Não faz muito tempo, o esquadrão inglês e o timaço decidiram o título mundial. Enquanto isso, o São Paulo não passa de coadjuvante.

Não é mero acaso.

  • fabio-piperno
  • são paulo
  • futebol
  • daniel alves
  • jogos olímpicos
  • app