Stephano Alba

Formado em Rádio e Televisão pela FAAP em 2016, mesmo ano que iniciei a jornada no BandSports, onde atualmente trabalho como editor. Diferente da maioria dos brasileiros que escolhem o esporte bretão, em 2003 me apaixonei pelo basquete. Torcedor do Denver Nuggets e defensor do pivôzão raiz, joguei como ala na base do Paulistano e defendi por alguns meses as cores da Rockrige School, de Vancouver (Canadá). Fui coordenador do Linha de 3, programa que dá nome a esta coluna apresentado na época pela lenda Álvaro José e que contava com os comentários de Danilo Castro, ex-armador da seleção brasileira. Tive a oportunidade de sentar à essa mesa algumas vezes para comentar o esporte, na minha opinião, mais frenético de todos os tempos. E é sobre ele que vamos falar aqui neste espaço semanalmente.

Linha de 3

Quando o esporte e a arte se unem: lista de filmes e documentários sobre basquete para maratonar no fim de semana

Por Stephano Alba 04/03/2021 • 16:43
Coach Carter transcende as quadras da periferia de Richmound e mostra o quão essencial é o esporte
Coach Carter transcende as quadras da periferia de Richmound e mostra o quão essencial é o esporte
Divulgação

No domingo aconteceu o Globo de Ouro, premiação do cinema e da TV, que, na minha opinião, é muito mais legal e completa do que aquela da estatueta dourada. Nenhuma produção do evento foi destinada ao basquete, mas me fez ter a brilhante ideia de listar alguns dos filmes que ajudaram a moldar o meu caráter de “basqueteiro” ou só me divertiram mesmo.

Eu não vou colocar a melhor série documental da história deste planeta chamado Terra, The Last Dance, porque isso não é necessário. O hype da série – que mostra em detalhes a conquista do último anel de Michael Jordan com o Chicago Bulls – foi imenso que até atingiu aqueles que não sabem o que é um “pick and roll”.

Vamos à lista (vale citar que eu assisti a todos os filmes, mais de uma vez):

Filmes:

 1. Coach Carter – Treino para a vida

Este é um dos que eu mais assisti na minha vida. Um filme que transcende as quadras da periferia de Richmound e mostra o quão essencial é o esporte. O brilhante Samuel L. Jackson interpreta o treinador Carter. No estilo pai durão, ele conquista os jovens briguentos da escola que um dia defendeu as cores.

 Nota: Não importa o número, assistir é uma obrigação

 
2. Homens brancos não sabem enterrar

Um clássico da década de 1990. Wesley Snipes e Woody Harrelson interpretam Sidney Deane e Billy Hoyle. Ambos são ótimos jogadores de basquete e decidem unir forças para enganar alguns adversários nas famosas quadras de Los Angeles. Apesar da idade, o filme não é nada datado. Na verdade, o que vemos é um basquete no melhor estilo Old School.

Nota: Tão bom quanto uma enterrada do Caruso

 
3. Space Jam: O jogo do Século

Pernalonga e sua gangue se colocam em uma grande confusão e propõem um jogo de basquete para os alienígenas que querem transformá-los em uma das atrações de um parque de diversão. Só que os monstrinhos roubam os talentos dos astros Charles Barkley, Pat Ewing, Muggsy Bogues, Larry Johnson e Shaw Bradley. Apenas uma pessoa pode salvar as criaturinhas cartoonescas. Ele mesmo, o melhor de todos os tempos: Michal Jordan.

Nota: Quem não gosta boa gente não é


4. Pequenos grandes astros

Este era o meu sonho de criança. Achar um tênis mágico com as habilidades de Michael Jordan. Calvin Cambridge, de 14 anos de idade (interpretado por Bow Wow), tem a sorte de achar esta relíquia perto de seu orfanato e se tornar um jogador da NBA. Um filme leve, engraçado e, no meu caso, bem nostálgico. O mais legal deste longa são as pequenas participações de alguns gigantes da maior liga de basquete do mundo, como por exemplo Vince Carter, David Robinson e Dirck Nowitzki.

 Nota: Overdose de nostalgia, vale muito a pena 

 
Documentários

1. The Carter Effect

O documentário mostra o efeito que Vince Carter causou na propagação do basquete no Canadá, principalmente em Toronto. A única franquia fora dos Estados Unidos foi muito impactada pela histórica passagem do rei das enterradas. Por lá, ele mudou o paradigma do basquete, criou uma identidade visual e deixou um legado que você pode acompanhar nesta boa produção.

Nota: A mesma que todos os juízes deram no campeonato de enterrada de 2000

 
2. Iverson

Para bom entendedor esta palavra já basta. O documentário mostra a vida de uma das figuras mais polêmicas do basquete. Se hoje vemos movimentações culturais neste esporte, a culpa é do The Answe”. Muito criticado por sua postura, as lentes mostram uma outra visão dos problemas de Allen Iverson.

Nota: Tão bom quanto os crossovers do armador


3. Mais do que um jogo

Você já conhece a história do quatro vezes campeão da NBA LeBron James. Mas neste documentário o cineasta Kristopher Belman narra a trajetória antes da majestade conquistar seu trono. A escola de St. Vincent, Mary High School, na cidade de Akron, Ohio, presenciou um dos melhores times de todos os tempos, o Halem Rens, uma equipe que você provavelmente nunca ouviu falar.

 Nota: Um rei não merece menos do que 10

 
Como toda boa lista, aqui também tem uma menção honrosa. O curta-metragem Dear Basketball ganhou o Oscar em 2018. Trata-se de um poema escrito e narrado por ninguém menos do que Kobe Bryant. O texto nada mais é do que uma carta escrita a punho pelo Black Mamba. Nela, a lenda Kobe Bryant manda uma linda mensagem para o nosso querido basquete. Imperdível!

  • stephano-alba
  • basquete
  • filmes
  • documentários
  • esportes
  • app