Carros parados, jogos sem público: como o coronavírus afeta o esporte

Por todo o mundo, atividades esportivas estão sendo suspensas ou acontecendo sem presença de torcedores. No Brasil, bola ainda está rolando; assista

O novo coronavírus está paralisando o esporte ao redor do mundo. Futebol, basquete, tênis e automobilismo já foram afetados.

Depois que um funcionário da equipe McLaren foi diagnosticado com o vírus, a Fórmula 1 cancelou os três primeiros grandes prêmios da temporada 2020. A Fórmula Indy foi pelo mesmo caminho e cancelou as quatro primeiras etapas do ano. A Nascar também suspendeu suas atividades, mas por enquanto por apenas duas semanas.

INSCREVA-SE NO CANAL BAND JORNALISMO NO YOUTUBE E RECEBA O MELHOR CONTEÚDO QUANDO E ONDE QUISER

A NBA já havia suspendido os jogos da atual temporada na última quarta-feira, 11, após o jogador Rudy Gobert, do Utah Jazz, testar positivo para o coronavírus. No Brasil, as partidas do NBB acontecem com portões fechados.

Futebol (quase) parado

No futebol a coisa não é diferente. Durante a última semana, a Confederação Sul-Americana (Conmebol) suspendeu os jogos da primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo e os jogos da Libertadores.

Em países como Colômbia, Peru, Venezuela, Paraguai e Equador, as rodadas estão suspensas. A Argentina decidiu por portões fechados até o momento, mas o zagueiro Thomas Gutierrez, do River Plate, testou positivo e o clube decidiu não entrar em campo no jogo contra o Tucumán.

Os campeonatos estaduais pelo Brasil não foram suspensos. Algumas federações, como a paulista e a carioca, optaram por jogos com portões fechados somente nas capitais. A partida entre São Paulo e Santos, no sábado, 14, aconteceu sem torcedores.

No Rio, um dirigente do Flamengo que viajou com a delegação rubro-negra para um jogo na Colômbia testou positivo para coronavírus. O time jogou neste sábado com o Portuguesa no Maracanã sem torcida - cena rara na boa fase do clube.

Maracanã vazio em jogo do Flamengo: cena rara causada pelo coronavírus
Maracanã vazio em jogo do Flamengo: cena rara causada pelo coronavírus - Celso Pupo/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Já as federações gaúcha e mineira acharam melhor que todas as partidas sejam realizadas sem a presença de público.

Na Europa, a Uefa confirmou que os jogos da Liga dos Campeões e da Liga Europa serão remarcados.

Itália sem esporte

Vários campeonatos nacionais foram suspensos. Na Inglaterra, a Premier League foi adiada até o dia 3 de abril. Espanha, Alemanha, França, Portugal e Holanda decretaram o adiamento dos jogos pelo menos até o fim do mês de março. Na Itália, todas as atividades esportivas estão canceladas, e a Federação Italiana de Futebol cogita até encerrar a temporada sem declarar um campeão. Há paralisações também na Suíça, Áustria, Eslováquia, Irã, Tailândia, além da China.

A Maratona de Boston foi adiada pela primeira vez em 124 anos. A prova transferida do dia 20 de abril para 14 de setembro.

Há alerta também para os Jogos Olímpicos de Tóquio, marcados para julho e agosto deste ano. A tocha olímpica foi acesa na Grécia sem a presença de público, e apenas oito das 50 modalidades definiram seus classificados.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário