Sequência de jogos faz Felipão planejar usar garotos no Palmeiras

Treinador colocou o atacante Papagaio de 19 anos como titular na atividade de quinta-feira, 13

O torcedor do Palmeiras deve começar a ver nas escalações do time para os próximos jogos jogadores jovens e ainda com pouca bagagem na equipe principal. O técnico Luiz Felipe Scolari manifestou nos últimos dias o plano de dar mais oportunidades a atletas revelados nas categorias de base do clube, como o zagueiro Pedrão, o volante Gabriel Furtado e os atacantes Artur e Papagaio. Todos têm sido observados nos treinos e chamados para compor banco de reservas nos compromissos.

Na atividade na Academia de Futebol na quinta-feira, 13, por exemplo, Felipão comprovou esse plano. Na atividade tática, o treinador colocou entre os titulares Papagaio. O jogador de 19 anos por pouco não ganhou chance para entrar no segundo tempo do clássico com o Corinthians. O técnico palmeirense disse, depois da vitória por 1 a 0, que pensou em dar oportunidade ao garoto.

Apelidado de Papagaio por ser muito falante, Rafael Elias da Silva começou no futsal da Portuguesa. O atacante se destacava na modalidade até se transferir ao Palmeiras, em 2015, também para jogar nas quadras. Aos poucos, o campo foi a escolha dele e após se destacar na disputa da Copa São Paulo de Juniores deste ano, passou a ganhar chance no time principal. Como Borja deve ser poupado para o próximo domingo, contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, Deyverson está suspenso, o garoto vira opção.

Aos 20 anos, Artur foi chamado por Felipão para entrar no segundo tempo da partida contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Revelado pelas categorias de base do clube, ele foi promovido ao time profissional em 2016 e, no ano passado, foi emprestado para o Novorizontino e para o Londrina, até retornar neste ano e já ter atuado em nove partidas.

O volante Gabriel Furtado também tem sido chamado por Felipão para compor o banco de reservas em algumas partidas. Aos 18 anos estreou no profissional no ano passado em jogo contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro. No clube, o apelido dele é "Pitbull". A diretoria o contratou deforma efetiva em março. Uma curiosidade é que ele tem um irmão gêmeo, Rafael, que atualmente está no Paraná.

Outra revelação presente nessa lista é o zagueiro Pedrão, de 21 anos. Inscrito na Copa Libertadores, o defensor é chamado de "Mina" pela semelhança física com o colombiano. O jogador começou a se destacar na Água Santa, até ter a compra efetivada no começo deste ano. A estreia dele pelo time decima foi em um amistoso durante a Copa.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário