Seleção feminina bate a Tailândia e conquista a oitava vitória na Liga das Nações

Ponteira Gabi se destacou e foi a maior pontuadora entre as comandadas de Zé Roberto

Sem qualquer dificuldade, a seleção brasileira feminina de vôlei conseguiu nesta quarta-feira mais uma vitória, a oitava em 11 partidas, na Liga das Nações, a primeira competição da temporada de 2019. Em Tóquio, no Japão, pela quarta e penúltima semana de jogos da fase de classificação, o time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães bateu a Tailândia por 3 sets a 0 - com parciais de 25/19, 25/17 e 25/21.

A ponteira Gabi se destacou e foi a maior pontuadora entre as brasileiras, com 12 acertos. O Brasil busca um lugar na fase final da competição e voltará à quadra às 3h40 (de Brasília) desta quinta-feira contra a Sérvia.

O resultado mantém o Brasil entre as primeiras colocadas na classificação geral, agora com 25 pontos. A Turquia lidera e é seguida pela Itália. A fase final que reunirá a China, país sede e as cinco seleções mais bem classificadas será disputada em Nanquim, entre os dias 3 e 7 de julho.

Depois da etapa japonesa, o time de Zé Roberto Guimarães viajará para a Turquia. Entre os próximos dias 18 e 20 em Ancara, o Brasil medirá forças contra as donas da casa, a Itália e a Bélgica.

Maior pontuadora entre as brasileiras, Gabi ressaltou que a vitória foi importante na busca pela classificação à fase final. "Conseguimos uma vitória importante por 3 sets a 0 que vai nos ajudar na nossa briga por um lugar na fase final. A Tailândia joga com muita velocidade e apesar das jogadoras não serem muito altas, elas mexem muito o que dificulta a marcação do bloqueio. No entanto, jogamos com agressividade e sacamos muito bem. Também tivemos poucos erros no ataque. O terceiro set foi mais apertado, mas fomos consistentes e conseguimos fechar a partida em três sets", analisou.

Zé Roberto Guimarães também ressaltou a importância do resultado positivo na caminhada das brasileiras na competição. "Sabemos que o time da Tailândia tem muitas combinações de ataque e jogadoras habilidosas. Foi importante para o nosso time ir se adaptando ao esquema de jogo da Tailândia e conseguimos quebrar o passe delas em algumas situações. Fiquei feliz pelos três pontos que serão importantes na nossa briga pela classificação para fase final", explicou o treinador.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário