Maratona de Paris é cancelada por aumento de casos de covid-19 na França

Evento aconteceria em 15 de novembro, mas o país enfrenta um novo surto de coronavírus

Os organizadores da Maratona de Paris anunciaram nesta terça-feira, 12, o cancelamento da edição 2020 do evento devido ao ressurgimento e aumento de casos de covid-19 na França. Originalmente agendada para acontecer em 5 de abril, a maratona já havia sido adiada para 15 de novembro por causa da pandemia do novo coronavírus.

“Depois de tentarmos de tudo para manter o evento, nós, e a cidade de Paris, nos sentimos obrigados a cancelar a edição 2020 da Maratona de Paris”, afirmou a organização em um comunicado. “Diante da dificuldade que muitos corredores, especialmente os que vêm de outros países, teriam para participar, foi decidido que seria melhor se nós organizássemos a maratona em 2021”.

A Maratona de Paris é um dos eventos mais populares do calendário de corridas pelo mundo, normalmente atraindo mais de 40 mil participantes, e se tornou o evento mais recente a ser afetado pelo novo surto do coronavírus. A França já registrou até o momento 236 mil casos e mais de 30 mil mortes em decorrência do covid-19.

“Vamos trabalhar com a cidade de Paris para realizar uma edição em 2021 que irá reunir os corredores mais apaixonados nas mais belas ruas do mundo”, disse ainda o comunicado

Em junho, a tradicional Maratona de Nova York também foi cancelada, enquanto a Maratona de Boston não acontecerá pela primeira em 124 anos. Berlim e Chicago também cancelaram seus eventos. Já a Maratona de Londres, que aconteceria em abril, foi adiada para 4 de outubro e contará com a participação de apenas corredores de elite.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário