Herta confirma domínio e vence 2ª prova da Indy em Mid-Ohio

Dia foi de redenção da equipe Andretti, que quebrou o jejum de dez provas sem triunfos

O jovem norte-americano Colton Herta venceu neste domingo, 13, a segunda prova da rodada dupla da Fórmula Indy em Mid-Ohio. O piloto de apenas 20 anos, que largou na pole position, confirmou o domínio mostrado na classificação e faturou sua terceira vitória na carreira, a primeira em 2020. A prova significou também a redenção de sua equipe, a Andretti, na temporada. Herta foi seguido pelos companheiros de time Alexander Rossi e Ryan Hunter-Reay, que completaram o pódio.

Diferentemente da corrida de sábado, 12, a prova deste domingo foi agitada desde a largada. Na primeira curva, Herta espalhou para cima de Santino Ferrucci, que largava em segundo. O compatriota foi para a grama molhada, escorregou e, na volta à pista, por pouco não acertou o carro de Scott Dixon. No entanto, Felix Rosenqvist e seu companheiro de Dale Coyne, Alex Palou, não tiveram a mesma sorte e foram abalroados por Ferrucci. Fim de prova para ambos, ainda que Santino tenha conseguido continuar.

Na relargada, um momento raro. Dixon rodou sozinho quando era segundo e perseguia Herta em busca da liderança. O líder do campeonato caiu para o fim do pelotão, mas ainda conseguiria recuperar alguns dos pontos perdidos ao chegar em décimo. Mesmo assim, a diferença na liderança do campeonato para o vice-líder Josef Newgarden, que fez prova discreta e chegou em oitavo, voltou a cair, de 76 para 72 pontos, com 162 pontos ainda em jogo nas três provas restantes do ano.

A bandeira amarela voltou a ser acionada na 15ª volta, em outra rodada solitária de Dalton Kellett, que abriu a primeira janela de paradas nos boxes. A partir daí os carros da Andretti começaram a consolidar seu domínio. Rossi e Hunter-Reay chegaram a trocar de posição, mas Herta passou a liderar sem ser ameaçado e perdeu a ponta somente nas ocasiões em que procurou os boxes. Graham Rahal, que recebeu a bandeirada quadriculada em quarto, tentava se aproximar do trio chefiado por Michael Andretti, enquanto Takuma Sato chegou a liderar com uma tática diferente, mas nenhum deles conseguiu ameaçar a supremacia de Herta e seus companheiros.

Com a vitória de Herta, a Andretti quebrou o jejum de dez provas sem vitória, que colocava esta como a segunda pior temporada da equipe em 18 anos, atrás apenas de 2009, quando o time passou o ano na Indy zerado. Foi a terceira vez na história que a equipe monopolizou o pódio na categoria, as outras foram em Nazareth 2004 e St. Petersburg 2005, ambas com Dan Wheldon seguido do brasileiro Tony Kanaan e de Dario Franchitti. Na última ocasião, o time ainda colocou seu então piloto Bryan Herta, pai de Colton, na quarta colocação, num domínio inédito na história da Indy.

A próxima etapa da Fórmula Indy será outra rodada dupla, no circuito misto de Indianápolis, dias 2 e 3 de outubro. Com os resultados de Mid-Ohio, Dixon pode ser campeão já na primeira prova no tradicional autódromo se vencer e Newgarden chegar em 15º, sem somar pontos de bônus por pole position ou voltas lideradas.

Texto colabortivo: Geferson Kern / colaborador Brasil do IndyCarLatinos.com

Reveja alguns momentos da prova:

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário