Cuca aponta nervosismo do Santos e diz: o “pau come” na Libertadores

Peixe ficou no empate sem gols contra o Olimpia na Vila Belmiro

O Santos não saiu do empate sem gols com o Olimpia na última terça-feira, 15, no retorno da Libertadores. Mesmo jogando na Vila Belmiro, o Peixe parou no sistema defensivo da equipe. Mas para o técnico Cuca, o Santos também acabou atrapalhado pelo próprio nervosismo e demorou a entrar no “espírito” da competição.

“Senti o time nervoso no começo do jogo. Porque Libertadores é diferente. Até entender a arbitragem, você fica nervoso, porque o pau come. Tem que entrar no ‘espírito da Libertadores’”, declarou Cuca após o jogo.

Veja também:
Convocado no álbum de figurinhas, mas fora da Copa, Evair desabafa sobre Parreira
Assista: Jogo da Série C tem briga generalizada; polícia usa spray de pimenta contra jogadores

O técnico também lembrou de elogiar o adversário.

“[O Olimpia] Não deve nada aos grandes times que vão disputar essa competição a nível de ganhar”, afirmou Cuca.

Mesmo com o empate em casa, o Santos segue na liderança do Grupo D. Após três rodadas, o Peixe tem sete pontos, seguido pelo próprio Olimpia, com cinco. Na quinta-feira, 17, o terceiro colocado Delfín (um ponto) encara o lanterna Defensa y Justicia (ainda não pontuou).

Assista:

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário