Notícias

“A Red Bull ainda está à frente”, diz Hamilton após ser o mais veloz da sexta-feira

Da Redação BandSports 02/07/2021 • 13:41 - Atualizado em 02/07/2021 • 16:24
Britânico acredita que rivais ainda podem surpreender no fim de semana
Britânico acredita que rivais ainda podem surpreender no fim de semana
Reprodução/Twitter Mercedes

Em meio a uma emocionante disputa com Max Verstappen, da Red Bull, na Fórmula 1, nem mesmo o melhor tempo desta sexta-feira, 2, conquistado no segundo treino livre para o GP da Áustria, animou o heptacampeão Lewis Hamilton.

Com o tempo de 1min04s523 em sua volta mais rápida, o piloto da Mercedes colocou 0s217 de vantagem para o holandês, que registrou 1min04s740, ele, no entanto, acredita que o rival ainda possui uma carta na manga a ser usada na classificação deste sábado, 3, que terá transmissão ao vivo do Bandsports a partir das 9h50.

“Eles definitivamente têm algo extra no bolso, eu sei disso. Acho que tivemos um pequeno progresso hoje, mas eles ainda estão dois décimos ou um décimo e meio, algo assim, à frente”, afirmou o britânico.

Mesmo com a equipe austríaca podendo surpreender durante o fim de semana, Hamilton reconheceu a melhoria da Mercedes em relação à última etapa, também realizada no Red Bull Ring, em Spielberg. Na oportunidade, além de ficar com a pole position no GP da Estíria, Verstappen recebeu a bandeira quadriculada 35s743 à frente do rival na briga pelo título da temporada.

“Nós definitivamente demos alguns passos à frente, mas não o suficiente para tirar a diferença. Me senti muito bem ao longo da volta rápida. Eu apenas espero que eles apareçam um pouco mais amanhã”, continuou.

Desde que chegou à escuderia alemã em 2013, Hamilton conquistou seis títulos mundiais e viu sua equipe reinar absoluta na categoria. Agora, pela primeira vez em muitos anos, a lenda do esporte se encontra na situação de quem precisa correr atrás do prejuízo. 

“Eles, basicamente, têm o modo de qualificação que costumávamos ter. Eu não entendo de onde eles obtêm isso, mas é impressionante, e temos que trabalhar duro para ver se conseguimos nos igual a eles”, falou.

Apesar da liderança no TL2, o dia não começou da melhor maneira para Lewis, na atividade que abriu a etapa, ele ficou apenas com o sétimo melhor tempo, mas isso tem uma explicação: o W12 precisava de ajustes.

“Foi um pouco difícil no TL1, eu estava tentando uma variante diferente no carro, e ele não estava bem. Então tive que fazer algumas mudanças, semelhante ao que aconteceu semana passada”, encerrou.

Na classificação do mundial, Hamilton aparece na segunda colocação com 138 pontos, 18 a menos que Verstappen. Em mais um capítulo desta batalha, os pilotos voltam à pista neste sábado. A partir de 6h50 (horário de Brasília), o Bandsports exibe o terceiro treino livre. A transmissão continua para a sessão classificatória, às 9h50. A Band mostra a corrida, no domingo.