Notícias

Abel Ferreira não garante permanência no Palmeiras: "Vou ter que refletir muito"

Da Redação Bandsports 27/11/2021 • 22:00 - Atualizado em 27/11/2021 • 22:12
Português fez história com segundo título consecutivo da Libertadores
Português fez história com segundo título consecutivo da Libertadores
Twitter/Libertadores

Abel Ferreira escreveu de vez seu nome na história do Palmeiras neste sábado, 27, com a conquista do bicampeonato da Libertadores num intervalo de apenas 10 meses. Depois do título contra o Santos em janeiro, desta vez o Verdão bateu o Flamengo por 2 a 1, na prorrogação, em Montevidéu.

Apesar de todo o sucesso dentro de campo, o treinador não garantiu que seguirá no comando da equipe na próxima temporada mesmo tendo contrato até o fim de 2022. O calendário desgastante é o grande motivo da dúvida do treinador.

"Estou tranquilo, em paz comigo, sensação de dever cumprido. A forma como se joga no Brasil é muito intensa, a forma como se joga não dá saúde a ninguém. Vou ter que refletir muito o que quero para mim para o presente e para o futuro”, afirmou em entrevista ao canal Fox Sports.

Presidente eleita do clube, Leila Pereira já revelou a intenção de manter o técnico no comando da equipe. Ela toma posse no dia 15 de dezembro com a missão de convencer o português a permanecer. Sobre a conquista do troféu em Montevidéu, Abel destacou a força do Flamengo e valorizou o empenho dos seus jogadores.

"O rival é um grande time, merece os parabéns, valorizou ainda mais nossa vitória. Mas meus jogadores estão de parabéns. Um grande abraço de gratidão aos nossos jogadores”, afirmou.

Na decisão deste sábado, Raphael Veiga colocou o Palmeiras em vantagem aos 6 minutos do primeiro tempo e Gabigol deixou tudo igual aos 27 da etapa final. Na prorrogação, Deyverson pressionou Andreas Pereira, roubou a bola e bateu na saída de Diego Alves para garantir o título.