Notícias

Aberto da Austrália terá 50% da capacidade de público

Da Redação Bandsports, com Agência Brasil 14/01/2022 • 13:18
A Rod Laver Arena poderá receber apenas metade de sua capacidade
A Rod Laver Arena poderá receber apenas metade de sua capacidade
Instagram/Australian Open

O público nas principais arenas do Aberto da Austrália será limitado a 50% da capacidade máxima, de acordo com a atualização das restrições impostas por causa do novo coronavírus, informaram os organizadores do primeiro Grand Slam do ano, enquanto autoridades locais lutam contra um surto de casos em Melbourne, sede do torneio.

Máscaras faciais também serão obrigatórias para todos, exceto ao consumir bebidas ou alimentos, e haverá limites de densidade de uma pessoa a cada dois metros quadrados em locais internos.

A Tennis Australia (federação de tênis do país) disse que a limitação de 50% se aplica apenas à venda de ingressos na quadra central, a Rod Laver Arena, e na segunda, a Margaret Court.

“Não há mudanças no acesso ao recinto do torneio, e ainda esperamos receber um grande público”, afirmou Bem Slack, executivo da Tennis Australia, em nota. “Estamos confiantes nas medidas que colocamos em vigor”, acrescentou ele.

O estado de Victoria, no qual fica Melbourne, cidade-sede do Grand Slam, registrou 37.169 novos casos de covid-19 na quinta-feira, 13, além de 25 mortes.

A contagem de casos está um pouco abaixo do número de quarta-feira, que foi de 40.127 casos.

O período que antecede o Australian Open, que começa na próxima segunda-feira, 17, foi ofuscado pelas dúvidas em torno da participação do número 1 do mundo do tênis masculino, Novak Djokovic. O atleta sérvio teve seu visto cancelado pela segunda vez e corre sérios riscos de não disputar o torneio, do qual é o atual campeão e dono de nove títulos.