Notícias

Alonso reclama de ultrapassagens por fora: “Solução será fazer o mesmo”

Da Redação BandSports 20/07/2021 • 07:15 - Atualizado em 20/07/2021 • 08:39
Sem sucesso, espanhol tentou conversar com o diretor de prova da FIA
Sem sucesso, espanhol tentou conversar com o diretor de prova da FIA
Reprodução/Instagram Fernando Alonso

A sétima posição no GP da Grã-Bretanha rendeu a quinta corrida consecutiva em que Fernando Alonso recebeu a bandeira quadriculada dentro da zona de pontuação. Na temporada que marca seu retorno à F1, o bicampeão mundial está mostrando que ainda tem lenha para queimar na principal na categoria do automobilismo, no entanto, atitudes de alguns companheiros de grid andam incomodando o espanhol.

Em diversas oportunidades neste ano, o piloto da Alpine reclamou sobre ultrapassagens por fora dos limites da pista. Após a prova disputada em Silverstone, o discurso não foi diferente e, desta vez, ele deixou claro que Michael Masi, diretor de prova da FIA, não está dando muita atenção aos seus pedidos.

“O que eu me referia ontem era que me senti um pouco idiota. Eu falei na Áustria, respeitando todas as regras. Tentamos falar com o diretor de prova. Ficar sempre falando sem sucesso ou respostas é estranho, então não quero ficar culpando ou chorado em todas as corridas por algo que os outros fazem”, lamentou o espanhol.

Sem encontrar soluções para o problema, Alonso acredita que vai precisar competir no limite das regras para não ficar em desvantagem diante dos concorrentes.

“Se você não pode contra eles, junte-se a eles. A estratégia nas primeiras corridas não teve solução ou não nos deu nenhuma solução. Então entendemos que a solução será fazer o mesmo que os outros. É a única coisa que podemos fazer”, continuou.

Com uma história de 20 anos entre idas e vindas na Fórmula 1, o bicampeão se orgulha de ser um profissional “limpo”. Na atual temporada, o veterano é um dos poucos pilotos sem pontos na superlicença. 

“Sempre fui um piloto limpo e continuarei sendo durante toda minha carreira. Para ser sincero, acredito que sou um dos poucos que não têm pontos na licença”, encerrou.

Na 11ª posição e com 26 pontos na classificação do mundial de pilotos, ele tenta manter a boa fase no GP da Hungria, que acontece entre os dias 30 de julho e 1º de agosto. Os treinos livres e classificatório da etapa terão cobertura completa do Bandsports.

  • fernando alonso
  • f1
  • fórmula 1
  • alpine
  • app
  • esportes
  • automobilismo