Notícias

Zanetti arrisca, erra no final e fica fora do pódio nas argolas

Da Redação Bandsports 02/08/2021 • 05:45 - Atualizado em 02/08/2021 • 07:52
Campeão em Londres-2012 e prata na Rio-2016, brasileiro ficou na 8ª posição em Tóquio
Campeão em Londres-2012 e prata na Rio-2016, brasileiro ficou na 8ª posição em Tóquio
Ricardo Bufolin/CBG

O brasileiro Arthur Zanetti cometeu uma falha no fim da apresentação e terminou em 8º lugar na final das argolas nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Campeão em Londres-2012 e prata na Rio-2016, ele tentava ser o primeiro ginasta a subir no pódio por três vezes consecutivas em Olimpíadas na prova, mas ficou longe da briga por medalhas.

O paulista de São Caetano foi o primeiro a se apresentar. Ele fez uma prova segura e apostou numa saída diferente para ter mais chances de pódio. No entanto, uma queda joelhos na aterrissagem rendeu apenas a nota 14.133 e tirou a chance da terceira medalha olímpica.

A China dominou o pódio com o ouro de Liu Yang (15.500) e a prata de You Hao (15.300). O grego Eleftherios Petrounias, campeão no Rio de Janeiro, ficou com o bronze (15.200).

Caio Souza fica em 8º na final do salto

O dia não era mesmo dos brasileiros em Tóquio. Caio Souza disputou a final do salto e também ficou com a última posição após cair na segunda apresentação. Ele somou apenas 13.683 do primeiro salto e ficou fora da briga por medalha.

O sul-coreano Shin Jeahwan e o russo Denis Abliazin empataram com média 14.783, mas o ouro ficou com Jeahwan por ter tido nota maior em um dos saltos. O bronze foi para o armênio Artur Davtyan.