Notícias

Brasileiros levam prata e bronze em Mundial de Paracanoagem do Canadá

Da Redação Bandsports, com Agência Brasil 05/08/2022 • 15:22
Luis Carlos Cardoso faturou medalha de prata e Mari Santilli levou bronze
Luis Carlos Cardoso faturou medalha de prata e Mari Santilli levou bronze
Divulgação/CBCa/Fábio Canhete

O Brasil subiu duas vezes ao pódio nesta sexta-feira, 5, no Mundial de Paracanoagem em Halifax, no Canadá.  Vice-campeão olímpico em Tóquio, Luis Carlos Cardoso voltou a conquistar prata nos 200 metros KL1 (prova em caiaque com atletas que usam somente os braços). E teve também pódio feminino com Mari Santilli, que brilhou com o bronze em sua estreia na disputa dos 200m VL3 (canoa havaiana na qual o competidor usa braços, o tronco e as pernas na remada).

Assim como nos Jogos de Tóquio, o piauiense Luís Carlos deixou escapar o ouro para o mesmo adversário: o húngaro Peter Kiss, que cruzou a linha de chegada em 48s40. O brasileiro chegou em segundo lugar (49s14) e o bronze ficou com francês Remy Bolle (50s98).

“Estou feliz demais. Faz 10 anos que estou na canoagem, todo ano conquisto uma medalha e este ano não poderia ser diferente. Quase peguei o primeiro lugar, mas vou trabalhar cada vez mais para garantir esse primeiro lugar aí”, disse Luís Carlos, logo após a prova.

A paranaense Mari Santilli também comemorou muito o bronze, sua primeira medalha na canoa havaiana. Ela completou a prova nos 200m VL3 na terceira posição, em 1m03s97, atrás das experientes britânicas Charlote Henshaw (59s58) medalha de ouro, e Hope Gordon (1m00s84) que ficou com a prata.

“Eu sou categoria baby, estreia, elas são mais experientes, então 2023 que me aguarde”, projetou Santilli, que volta a competir às 10h52 deste sábado, 6, na final dos 200m do caiaque (KL3).