Notícias

Bruno Guimarães alerta para semi contra o México: "Costuma ser pedra no sapato do Brasil"

Da Redação Bandsports 31/07/2021 • 10:11
Volante da seleção destacou os talentos da equipe mexicana
Volante da seleção destacou os talentos da equipe mexicana
Lucas Figueiredo/CBF

A vitória apertada por 1 a 0 sobre o Egito colocou o Brasil nas semifinais do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio e manteve vivo o sonho do bicampeonato.

A classificação poderia ter sido mais tranquila, já que os africanos partiram para cima nos minutos finais com o resultado aberto. Para Bruno Guimarães, a equipe poderia ter matado o jogo antes para evitar os sustos.

“A gente vem fazendo uma boa competição. O jogo de hoje foi muito complicado. Poderíamos ter feito o segundo gol para dar tranquilidade. Para tirar um dez faltou matar o jogo, mas o importante é a classificação. Agora é focar no próximo jogo. Curtir hoje e descansar. E se preparar pela frente porque vem pedreira”, analisou em entrevista ao Bandsports.

O volante sabe que o próximo desafio é contra um adversário que historicamente complica a vida do Brasil. A semifinal será contra o México, algoz da seleção na final em Londres-2012 e que chega embalado depois da goleada por 6 a 3 sobre a Coreia do Sul.

“O México costuma ser sempre uma pedra no sapato do Brasil. É um time difícil de jogar. Tem grandes jogadores e grandes talentos. Vamos estudar a equipe deles para saber o que a gente pode aproveitar e o que temos que anular. Vai vir um grande jogo”, afirmou.

Brasil e México se enfrentam na próxima terça-feira, 3, às 5h (de Brasília), com transmissão do Bandsports. A outra semifinal será entre Japão e Espanha.

  • bruno guimarães
  • seleção
  • tóquio-2020
  • futebol
  • esportes
  • app