Notícias

Com dois de Marta, Brasil estreia com goleada nos Jogos de Tóquio

Da Redação BandSports 21/07/2021 • 06:58 - Atualizado em 21/07/2021 • 10:06
Além de Marta, seleção contou com gols de Debinha, Zaneratto e Andressa Alves
Além de Marta, seleção contou com gols de Debinha, Zaneratto e Andressa Alves
Reprodução/Twitter CBF

O Brasil começou a missão olímpica com o pé direito. Na manhã desta quarta-feira, 21, com transmissão do Bandsports, a seleção feminina de futebol não tomou conhecimento das adversárias e goleou a China por 5 a 0, na cidade de Myagi.

Com a bola rolando, o primeiro grito canarinho no Japão ficou na conta de Marta. Aos 9 minutos, Bia Zaneratto fez jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Debinha, que acertou a trave. Na sobra, a Rainha apareceu no lugar certo e encheu o pé para estufar a rede.

Em vantagem no marcador, ficou mais fácil para as brasileiras partirem para o ataque. Quando o cronômetro marcava 22 minutos, a inspirada Zaneratto recebeu passe de Duda e soltou uma bomba de fora da área. A goleira Shimeng Peng bateu roupa e Debinha aproveitou o rebote para ampliar. 

Ainda no primeiro tempo, as chinesas colocaram a goleiro Barbara para trabalhar. Aos 39, Siwen Miao bateu de fora da área e obrigou a brasileira a fazer linda defesa de mão trocada. Quase na metade da segunda etapa, a jogadora do Avaí/Kindermann voltou a salvar o Brasil em mais um ataque asiático. 

Passada a pressão chinesa, Marta marcou o terceiro da amarelinha no jogo, aos 30. De novo ela no lance, Zaneratto tentou jogada dentro da área e perdeu a bola. Na confusão, a camisa 10 bateu no canto da goleira adversária. 

Para aumentar a vantagem, a seleção contou com o dedo da técnica Pia Sundhage. A sueca colocou Andressa Alves e Julia nos lugares de, respectivamente, Duda e Formiga. Atleta da Roma, Andressa foi derrubada dentro da área e a arbitragem assinalou penalidade máxima. Na marca da cal, ela bateu com perfeição para fazer o quarto. 

Como não poderia faltar o dela, Zaneratto ficou responsável por fechar a goleada. A jogadora do Palmeiras recebeu passe de Debinha e guardou o último do jogo.

Além de Brasil e China, o Grupo F da competição conta com as presenças de Holanda e Zâmbia. Também nesta quarta-feira, a Holanda aplicou um sonoro 10 a 3 na equipe da Zâmbia e assumiu a liderança do grupo, deixando o Brasil na segunda colocação. 

Para assumir a primeira posição do grupo, a seleção volta a campo no próximo sábado, 24, contra a Holanda, com transmissão do Bandsports

  • seleção feminina
  • marta
  • brasil
  • tóquio
  • olimpíada
  • futebol
  • app