Notícias

“Comparando as ondas, eu venci a bateria”, afirma Medina em retorno ao Brasil

Da Redação BandSports 29/07/2021 • 22:11
Brasileiro falou sobre a dura derrota na semifinal olímpica
Brasileiro falou sobre a dura derrota na semifinal olímpica
Divulgação/Instagram/Medina/Míriam Jeske

A polêmica derrota na semifinal dos Jogos Olímpicos segue incomodando Gabriel Medina. Em seu desembarque em território brasileiro na tarde desta quinta-feira, 29, o surfista paulista contestou o resultado da bateria em que foi superado pelo anfitrião Kanoa Igarashi e agradeceu o apoio dos torcedores. 

“Assisti à bateria, até por isso segurei minhas palavras. Não ia falar sem antes ter assistido. Comparando minhas duas melhores ondas e as duas melhores dele, eu venci a bateria. Mas é difícil falar. Só estou triste mesmo e quero continuar trabalhando porque esse ano ainda tem o mundial. Recebi um apoio gigante do Brasil inteiro, isso só me fortalece. Esses dias tristes vão passar e vou trazer mais orgulho para nós”, falou o bicampeão mundial.

Anteriormente favorito ao ouro, Medina ainda perdeu a disputa pelo bronze e voltou para casa sem sentir o gosto da inédita medalha olímpica do surfe. Apesar do resultado negativo, o pódio contou com outro brasileiro: o campeão mundial Italo Ferreira. 

“Era um objetivo que eu tinha antes de sair daqui. Treinei todo esse ano para conquistar a medalha. Seria incrível estar com o Italo na final. Queria até aproveitar para parabenizá-lo, ele nos representou muito bem. Fico muito triste e chateado, mas agora bola para frente”, concluiu Medina. 

  • gabriel medina
  • surfe
  • app
  • esportes
  • tóquio
  • jogos olímpicos