Notícias

Criticada, goleira da seleção feminina discute com atleta paralímpica na web

Da Redação BandSports 28/07/2021 • 13:36 - Atualizado em 28/07/2021 • 23:25
Bárbara é titular do Brasil nos Jogos de Tóquio
Bárbara é titular do Brasil nos Jogos de Tóquio
Sam Robles/CBF

Titular da seleção feminina de futebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio, a goleira Bárbara não gostou de uma crítica e discutiu via rede social com a atleta paralímpica Andrea Pontes, da canoagem, nesta quarta-feira, 28.

“Galera, uma sugestão. Põe a Babi Arenhart - goleira do handebol - no lugar da Bárbara e tá tudo resolvido, Brasil campeão... “, escreveu Pontes no Instagram, marcando as duas atletas que estão na Olimpíada.

Barbara se irritou e respondeu a publicação: “Por que não vem você no meu lugar? Já já começa a sua competição. Será que você tem competência para chegar a menos a conhecer? Tem competência de ir a quatro Paralimpíadas? Porque cada um com suas limitações né. Vai treinando aí que assim como eu treino para c... você vai precisar para tentar estar ao menos em uma Paralimpíada. Ah, e quem é você mesmo? Ninguém na vida! Só mais uma querendo chamar a atenção. Aproveita que te respondi, idiota”. 

A canoísta, por sua vez, deu sequência à briga virtual. “Se você não sabe, já fui a 6ª melhor do mundo na minha categoria! Não lembro de você ter sido a 6ª melhor goleira do Brasil. Não estou na Olimpíada porque o programa olímpico cortou a categoria VL1 (que é a minha), então não fala bobagem sem saber! Mas enfim… Quer fazer um tiro de 200m velocidade comigo? Você aguenta? ‘Cheinha’ como você está o arrasto do caiaque vai ser grande! E antes que eu esqueça vai treinar pra não tomar outro frango e afundar o Brasil de novo!”. 

Pontes ainda publicou prints que mostram que a discussão continuou com o envio de mensagens privadas de Barbara na rede social. A goleira usou palavrões, disse que a canoísta estava “achando que só porque é deficiente pode falar o que quer” e recomendou que ela "procurasse um esporte para competir”. “Além de frangueira é mal educada”, ironizou a atleta paralímpica ao publicar a conversa.

Barbara falhou no empate por 3 a 3 contra a Holanda, mas foi mantida como titular pela técnica Pia Sundhage na vitória por 1 a 0 sobre a Zâmbia e deve seguir como a dona da meta da equipe feminina brasileira no jogo decisivo contra o Canadá, nesta sexta-feira, 30, pelas quartas de final dos Jogos de Tóquio. O Bandsports transmite o jogo ao vivo às 5h (de Brasília). 

  • barbara
  • seleção feminina
  • futebol
  • olimpíadas
  • app
  • bandsports