Notícias

Daniel Alves não joga mais pelo São Paulo

Da Redação BandSports 10/09/2021 • 13:30
Jogador recusou voltar ao clube "enquanto não houver o ajuste da dívida financeira"
Jogador recusou voltar ao clube "enquanto não houver o ajuste da dívida financeira"
Reprodução/Instagram Daniel Alves

O São Paulo informou na manhã desta sexta-feira, 10, que Daniel Alves não joga mais pelo time do Morumbi. A decisão foi tomada após o jogador recusar se reapresentar ao Tricolor depois de defender a seleção brasileira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

De acordo com Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, os representantes do jogador alegaram que Daniel Alves não retornará ao clube enquanto "enquanto não houver o ajuste da dívida financeira que o São Paulo tem com o atleta".

Apesar disso, o departamento de futebol decidiu que o lateral não joga mais pelo São Paulo, afirmando que “Ninguém é maior do que o São Paulo Futebol Clube". O acordo financeiro entre clube e atleta seguirá sendo costurado.

No pronunciamento, Belmonte estava ao lado de Muricy Ramalho, coordenador de futebol, e Rui Costa, executivo de futebol.

Veja o pronunciamento do clube:

"Daniel Alves e Miranda estavam servindo a Seleção Brasileira e deveriam ter se apresentado hoje para começarem os treinamentos normais visando os próximos jogos do São Paulo. Miranda compareceu, treinou normalmente, mas Daniel Alves não compareceu. Fomos comunicados por seus representantes que Daniel Alves não retornará ao São Paulo enquanto não houver o ajuste da dívida financeira que o São Paulo tem com o atleta. Dívida essa que o São Paulo reconhece, tanto que na última semana já fez uma proposta buscando o entendimento e o acerto da dívida. [A proposta] não foi aceita pelos representantes do atleta, algo comum, e a negociação continuará envolvendo o departamento jurídico e o financeiro. Do ponto de vista do departamento de futebol, tomamos a decisão e comunicamos ao técnico Hernán Crespo que Daniel Alves não estará mais à disposição para atuar no time do São Paulo. Vale sempre lembrar que o São Paulo é mais importante do que todos nós. Todos nós trabalhamos em favor da instituição. Ninguém é maior do que o São Paulo Futebol Clube".