Notícias

“Djokovic está no caminho para ser querido pelos torcedores na fase final da carreira”, diz Becker

Da Redação BandSports 28/10/2021 • 08:20
Sérvio foi ovacionado pelo público após derrota na final do US Open
Sérvio foi ovacionado pelo público após derrota na final do US Open
Reprodução/Instagram Novak Djokovic

Lenda do tênis e ex-treinador de Novak Djokovic, Boris Becker acredita que o sérvio pode, aos 34 anos, finalmente estar conquistando o carinho do público. Em entrevista ao podcast do site Eurosport, o alemão comentou o abalo emocional do ex-pupilo após derrota na decisão do US Open, mas também destacou o lado positivo do revés. 

Depois de uma temporada quase perfeita, em que alcançou os títulos do Australian Open, Roland Garros e Wimbledon, Nole ficou perto de coroar 2021 com o surpreendente Grand Slam Calendar – que acontece quando o tenista conquista todos os Majors no mesmo ano –, mas a frustrante derrota para Daniil Medvedev colocou um ponto final em seu sonho.

“Novak ainda está digerindo a tremenda oportunidade que não conseguiu aproveitar no US Open. Se tornou um problema emocional para ele, as coisas não saíram como esperava. Djokovic parece emocionalmente atacado”, falou o ex-jogador. 

Apesar do resultado negativo, Becker acredita que o choro de Djokovic após o revés nos Estados Unidos pode ser fundamental para os torcedores entenderem o lado emocional do melhor do mundo. 

“Espero que volte a jogar rapidamente. Acredito que ele vai ver tudo de forma mais clara quando voltar a entrar na dinâmica, jogar torneios e ganhar partidas de novo. A incrível ovação que recebeu durante a final foi muito boa para ele. Essa ovação deixa muito claro que Djokovic está no caminho para ser querido pelos torcedores na fase final da carreira”, destacou, antes de encerrar: “As pessoas agora se sentem no lugar dele a nível emocional”.