Notícias

"Eu não esperava uma medalha", admite Simone Biles

Da Redação Bandsports 04/08/2021 • 00:18 - Atualizado em 04/08/2021 • 11:24
Melhor ginasta da história se despediu de Tóquio com o bronze na trave
Melhor ginasta da história se despediu de Tóquio com o bronze na trave
Twitter/USA Gymnastics

O último dia da ginástica artística dos Jogos Olímpicos de Tóquio marcou o retorno de Simone Biles às competições. Após ter desistido de quatro finais para cuidar da saúde mental, a estrela norte-americana conquistou a medalha de bronze na trave e deixou o Japão com o sentimento de missão cumprida.

“Foi uma semana muito longa, foram longos cinco anos para estar aqui. Eu não esperava uma medalha hoje, eu esperava subir aqui, fazer isso por mim e foi exatamente o que eu fiz”, destacou a multicampeã.

Aos 24 anos, Biles virou o centro das atenções no Japão após levantar uma discussão importante sobre a pressão psicológica em atletas de alto rendimento. Ela admitiu que seu corpo e mente não estavam em sintonia e abriu mão das finais do individual geral, salto, barras assimétricas e solo.

Além do bronze na trave, ela conquistou também a prata na disputa por equipes. Biles iniciou a apresentação dos Estados Unidos com um erro no salto, passou para a reserva e só voltou a competir justamente na final da trave depois de uma semana de muitas incertezas sobre a participação dela nos Jogos.

A ginasta mais premiada da história soma agora sete medalhas olímpicas, com quatro ouros, uma prata e dois bronzes. Em Mundiais, ela já foi ao pódio 25 vezes, com 19 ouros, três pratas e três bronzes.

  • simone biles
  • ginástica artística
  • tóquio-2020
  • esportes
  • app