Notícias

Alonso festeja retorno ao pódio no Catar e revela que planejou ultrapassar Hamilton na largada

Da Redação BandSports 21/11/2021 • 13:34 - Atualizado em 21/11/2021 • 15:59
“Sete anos, mas finalmente conseguimos", disse o bicampeão
“Sete anos, mas finalmente conseguimos", disse o bicampeão
Reprodução/Twitter Alpine

O Grande Prêmio do Catar de Fórmula 1 deste domingo, 21, marcou o retorno de Fernando Alonso ao pódio da categoria após sete anos – a última vez havia sido no GP da Hungria de 2014. Mesmo com dois títulos mundiais no currículo, o espanhol de 40 anos não escondeu a felicidade com a terceira colocação no Circuito Internacional de Losail.

Em entrevista logo após o término da corrida, o piloto da Alpine relembrou as vezes em que bateu na trave em suas tentativas de terminar entre os três primeiros desde que retornou à F1 neste ano após dois anos se aventurando em outras categorias. Apesar deste ser o primeiro pódio de Alonso na temporada, seu companheiro de escuderia, Esteban Ocon, venceu o caótico GP da Hungria deste ano.

“Sete anos, mas finalmente conseguimos. Estávamos perto em algumas corridas, mas não o suficiente. Sochi [quando terminou em sexto] foi a última chance”, falou o bicampeão.

A felicidade foi tamanha dentro da escuderia francesa, que o piloto foi chamado de “lindo” por seu engenheiro em uma comunicação via rádio ao fim da prova. 

Mesmo com o pódio sendo muito comemorado, Alonso contou que havia feito uma projeção ousada para a corrida catari e pensou que poderia ultrapassar o pole position, Lewis Hamilton, da Mercedes, na largada.

“Hoje... honestamente, pensei que poderia estar liderando após a volta 1, eu pensei que com o pneu macio eu poderia atacar Lewis, mas eu não consegui”, revelou, antes de destacar a preocupação que teve com a aproximação de Sergio Pérez, da Red Bull, nos instantes finais da prova.

“Depois o Checo chegou muito perto, mas a equipe foi bem. Esteban terminou em quinto, tivemos um bom domingo. Eu estava esperando tanto tempo por isso... então, estou feliz”, encerrou um sorridente Alonso.

O resultado do GP do Catar deu tranquilidade para a Alpine na batalha contra a AlphaTauri pela quinta colocação do mundial de construtores. A escuderia francesa agora chegou aos 137 pontos e tem 25 de vantagem para a concorrente, que soma  112.

Com promessa de muita emoção e cobertura completa do Bandsports e da Band nas duas últimas etapas da temporada da F1, os pilotos voltam à ação no GP da Arábia Saudita, entre os dias 3 e 5 de dezembro. Abu Dhabi completa o calendário na semana seguinte.

Assista à entrevista e comemoração do espanhol: