Notícias

F1: Com vitória na mão, Verstappen bate e abandona prova após pneu estourar

Da Redação BandSports 06/06/2021 • 10:51 - Atualizado em 06/06/2021 • 13:58
Holandês liderava prova com tranquilidade no momento da batida
Holandês liderava prova com tranquilidade no momento da batida
Reprodução/Twitter F1

O GP do Azerbaijão acabou mais cedo para Max Verstappen. O piloto da Red Bull vinha liderando com folga a corrida e com isso ampliaria sua vantagem sobre Lewis Hamilton, da Mercedes, na ponta do mundial Fórmula 1. Mas um pneu acabou com o fim de semana de sonho do holandês. Para sua sorte, o rival britânico cometeu erro grotesco na relargada, encerrou a prova na 15ª posição e não reassumiu a liderança do campeonato.

A poucas voltas do fim da prova nas ruas de Baku, o pneu esquerdo traseiro do RB16B de Verstappen estourou e o piloto perdeu o controle do carro, indo parar no muro de proteção. Com o estrago feito, a bandeira vermelha foi acionada e a corrida interrompida.

O holandês fazia uma corrida perfeita após largar na terceira colocação. Ele aproveitou um pit stop demorado de Hamilton e assumiu a ponta da prova ainda na 18ª volta, e desde então seguia sem ser incomodado. Irritado, Max saiu do carro e chutou o pneu que causou o seu abandono.

Após o momento de azar, Verstappen lamentou o ocorrido por meio de suas redes sociais. Ele ainda aproveitou para parabenizar a grande atuação de Sergio Pérez.

“[Coração partido] com minha própria corrida. Mas estou feliz pela equipe e parabenizo a grande vitória de Sergio Pérez. Graças a Red Bull, o carro, pit stop e as estratégias foram incríveis de novo. Não há muito mais o que falar no momento. Vamos continuar conduzindo até o fim”.

Pouco antes do choque, Lance Stroll, da Aston Martin, que ocupava a quarta colocação, também precisou abandonar a prova após acidente semelhante.

Em uma das etapas mais insanas do automobilismo nos últimos anos, Sergio Pérez, companheiro de Verstappen na Red Bull, assumiu a ponta da prova e garantiu o topo do pódio. Com o resultado, a equipe chefiada por Christian Horner se isolou na liderança da tabela de construtores. Com 174 pontos, os austríacos estão 26 à frente da Mercedes. 

  • verstappen
  • f1
  • fórmula 1
  • app
  • gp do azerbaijão