Notícias

“Estamos decepcionados, mas faz parte do esporte”, diz chefe da McLaren após Norris perder vitória em Sochi

Da Redação BandSports 27/09/2021 • 09:17 - Atualizado em 27/09/2021 • 10:11
Lando Norris viu a vitória escapar após seguir com pneus slicks na pista molhada de Sochi
Lando Norris viu a vitória escapar após seguir com pneus slicks na pista molhada de Sochi
Divulgação/Fórmula 1

Depois de ter ficado a um passo de conquistar sua primeira vitória na Fórmula 1, Lando Norris tentou assumir a responsabilidade por ter seguido com pneus slicks na pista castigada pela chuva no autódromo de Sochi e, consequentemente, perdido o triunfo que parecia certo no GP da Rússia. O chefe da McLaren, Andreas Seidl, no entanto, tratou de tirar o peso dos ombros do britânico de 21 anos e dividiu a culpa do revés com toda a equipe. 

“É claro que estamos decepcionados, ele [Norris] está muito decepcionado no momento, mas isso faz parte do esporte. Em retrospectiva, é fácil julgar o que poderíamos ter feito diferente. No final, não acertamos como equipe. Foi a decisão errada ficar fora. Mas, novamente, faz parte do esporte”, falou o dirigente alemão.

A controversa decisão acabou dando um “banho de água fria” na McLaren. Embalada pela dobradinha no pódio em Monza, que teve Daniel Ricciardo como vencedor, a escuderia de Woking viu Norris garantir o pole position em Sochi e ficou perto de conquistar sua segunda vitória consecutiva na categoria, algo que não acontece desde os GPs dos Estados Unidos e Brasil, em 2012. 

No momento em que a água começou a cair no traçado russo, tanto Norris quanto Lewis Hamilton, da Mercedes, que perseguia o compatriota e acabou como vencedor, optaram por seguir na pista. O heptacampeão mundial, contudo, logo acatou o pedido de sua equipe e foi para os boxes, enquanto o piloto da McLaren confiou que a chuva não iria piorar e acabou recebendo a bandeira quadriculada apenas na sétima colocação.

“Acho que do lado de Lewis ouvimos essa discussão também. Foi praticamente a mesma coisa. Lewis teve a chance de esperar para ver o que iríamos fazer e acabou fazendo o oposto porque ele estava em segundo. Queríamos a vitória e é por isso que decidimos ficar na pista. Simplesmente não deu certo”, encerrou Seidl. 

Para tentar recuperar a boa fase, a McLaren volta à pista no GP da Turquia, que acontece entre os dias 8 e 10 de outubro. Os treinos livres e classificatório da etapa disputada em Istambul terão cobertura completa do Bandsports. A Band exibe a corrida.