Notícias

Hamilton domina GP do Catar e esquenta briga pelo título; Verstappen chega em segundo

Da Redação BandSports 21/11/2021 • 12:29 - Atualizado em 21/11/2021 • 14:23
Britânico da Mercedes somou sua sétima vitória na temporada
Britânico da Mercedes somou sua sétima vitória na temporada
Reprodução/Instagram Lewis Hamilton

Lewis Hamilton é o primeiro vencedor da história do Grande Prêmio do Catar de Fórmula 1. Com uma atuação segura, o britânico da Mercedes fez valer a pole position, não deu chances para o rival na briga pelo título, Max Verstappen, da Red Bull, e liderou de ponta a ponta a corrida deste domingo, 21, no Circuito Internacional de Losail, ao norte da capital Doha.

O heptacampeão mundial optou por uma estratégia de duas paradas ao longo das 57 voltas. O triunfo no Catar fez ele chegar aos 343,5 pontos na classificação do campeonato, diminuindo para oito a diferença em relação ao líder holandês, que soma 351,5. 

Segundo piloto a cruzar a linha de chegada, Verstappen viu seu dia começar mal com uma punição de cinco posições por ter desrespeitado uma bandeira amarela dupla na classificação de sábado, 20, e precisou largar em sétimo. Apesar da situação adversa, ele fez grande recuperação e teve facilidade para ultrapassar Valtteri Bottas, da Mercedes, Carlos Sainz, da Ferrari, Lando Norris, da McLaren, Pierre Gasly, da AlphaTauri, e Fernando Alonso, da Alpine, logo nas primeiras seis voltas. O holandês teve a atuação coroada com o bônus de um ponto por ter feito a volta mais rápida da prova.

A terceira colocação ficou com o bicampeão Fernando Alonso, da Alpine. O espanhol fez grande prova e voltou ao pódio após sete anos. A última vez havia sido no GP da Hungria de 2014, pela Ferrari.

Sergio Pérez, da Red Bull, foi o quarto e Esteban Ocon, da Alpine, o quinto. Lance Stroll, da Aston Martin, completou em sexto. O canadense foi seguido por Carlos Sainz e Charles Leclerc, ambos da Ferrari. Lando Norris, da McLaren, e Sebastian Vettel, da Aston Martin, completaram as dez primeiras colocações.

O azar do dia ficou ao lado de Bottas. O finlandês acordou com uma punição de três posições também por ter ignorado uma bandeira amarela e saiu em sexto no grid. A situação piorou mais ainda quando ele largou mal e caiu para 11º. Mesmo com o início frustrante, o piloto da Mercedes chegou a ocupar a terceira colocação durante parte da prova, mas viu seu domingo piorar com um furo no pneu de sua Mercedes. Apesar de ter voltado para a pista, ele não conseguiu se manter e abandonou na 53ª volta. Nicholas Latifi, da Williams, também deixou a prova com um furo no pneu.

Com promessa de muita emoção e cobertura completa do Bandsports e da Band nas duas últimas etapas da temporada da F1, os pilotos voltam à ação no GP da Arábia Saudita, entre os dias 3 e 5 de dezembro. Abu Dhabi encerra o calendário uma semana depois.