Notícias

F1: Hamilton teme velocidade da Red Bull nas retas e espera dificuldades no GP da Estíria

Da Redação BandSports 24/06/2021 • 08:32 - Atualizado em 24/06/2021 • 08:33
Heptacampeão , Hamilton está 12 pontos atrás de Verstappen no mundial de pilotos
Heptacampeão , Hamilton está 12 pontos atrás de Verstappen no mundial de pilotos
Reprodução/Instagram Lewis Hamilton

O Mundial de Fórmula 1 está presenciando uma disputa que há muito tempo não era vista na principal categoria do automobilismo. Com três vitórias para cada lado na temporada, Lewis Hamilton e Max Verstappen partem para uma rodada dupla na Áustria, país da Red Bull, escuderia do holandês. Sem vencer desde o GP da Espanha e vivendo seu pior momento no ano, o britânico da Mercedes não espera ter vida fácil no GP da Estíria, que terá os treinos livres e classificatórios transmitidos pelo Bandsports a partir desta sexta-feira, 25.

Durante a corrida no circuito de Paul Ricard, na França, o carro do heptacampeão sofreu com a falta de velocidade nas retas. Em contrapartida, a rival austríaca ganhou vantagem nestes setores. Com um traçado semelhante ao autódromo da cidade de Le Castellet, a história do último fim de semana pode se repetir no Red Bull Ring.

“É um circuito que pede potência. Tem longas retas, então veremos algo semelhante ao que foi na França, obviamente com a velocidade em linha reta da Red Bull”, destacou Hamilton.

Apesar da sequência sem vitórias na F1 – além do segundo lugar na França, ele não conquistou pódios em Mônaco e no Azerbaijão –, Hamilton acredita que pode melhorar o ritmo do W12 e atrapalhar os planos da RBR na próxima prova.

“Temos alguns dias para tentarmos fazer algum ajuste e melhoria. Talvez se maximizarmos tudo, possamos fazer com que eles se esforcem na corrida”, afirmou.

Além de levantar o moral de Verstappen, os resultados negativos afastaram Hamilton da liderança do mundial de pilotos. Agora na segunda colocação da classificação com 119 pontos, ele tem 12 de desvantagem para o holandês.

Com a evolução da Red Bull nas últimas provas, rumores começaram a rondar o paddock da F1. Após o GP da França, Toto Wolff, chefe da Mercedes, sugeriu que o time austríaco tivesse feito mudanças nas especificações do motor do RB16B.  

“Eles deram um grande passo à frente com a unidade de potência. E seu carro é bom para corrida, não tenho dúvidas sobre isso”, disse Wolff.

De acordo com as regras de homologação da F1, no entanto, fazer alterações na especificação do motor não é permitido durante a temporada. Para o chefe da Red Bull, Christian Horner, a unidade de potência fornecida pela Honda é eficiente, mas a evolução se deu por causa da asa traseira do carro.  

“Não temos permissão para fazer melhorias [no motor]. É a mesma especificação da primeira unidade. Nós corremos com uma asa traseira menor, por isso o desempenho em retas foi forte. Acho que a Honda está fazendo um ótimo trabalho, mas não vemos um significativo aumento repentino de potência”, destacou o mandachuva.

Com mudanças ou não, o fato é que a Red Bull ultrapassou a Mercedes na classificação de construtores. Com 215 pontos, os austríacos agora têm 37 de vantagem para a concorrente alemã, que reinou absoluta com sete títulos consecutivos nos últimos anos.

Sem abaixar a cabeça na briga pelo título, Wolff garante que a Mercedes vai corrigir os erros que custaram posições na França. Na etapa, a equipe foi criticada pela estratégia de apenas uma parada nos boxes. Além do segundo lugar de Hamilton, Valtteri Bottas terminou o dia com o quarto lugar.

“Analisamos a França e entendemos as áreas em que podemos melhorar. Então, agora é focar e trazer essas melhorias para as duas rodadas na Áustria, onde esperamos mudar o momento positivo em nosso favor”, encerrou Toto.

Para colocar fogo no campeonato mundial, os pilotos voltam à pista nesta sexta-feira, 25, para o início dos trabalhos para o GP da Estíria, na Áustria. Os treinos livres e classificatório terão transmissão ao vivo do Bandsports. A Band exibe a corrida no domingo.

  • hamilton
  • app
  • automobilismo
  • mercedes
  • red bull
  • verstappen
  • f1