Notícias

F1: Norris reconhece falta de ritmo da McLaren na temporada

Da Redação BandSports 21/06/2022 • 09:19 - Atualizado em 21/06/2022 • 09:20
Britânico lamentou a 15ª posição no Grande Prêmio do Canadá
Britânico lamentou a 15ª posição no Grande Prêmio do Canadá
Instagram/McLaren

Lando Norris reconheceu as dificuldades da McLaren nesta temporada após terminar o Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1 na 15ª posição. Na sétima colocação do mundial com 50 pontos, o piloto de 22 anos destacou a falta de ritmo do MCL36 e analisou os momentos de empolgação da escuderia ao longo do ano. 

“O carro não é bom o suficiente. Às vezes é forte. Eu estava um pouco mais otimista depois de sexta-feira de que poderíamos conseguir mais hoje [domingo]. Mas quando eu fiquei preso atrás da Williams, eles eram tão rápidos, provavelmente os mais rápidos nas retas, e nós provavelmente éramos os mais lentos nas retas. Então é literalmente impossível ultrapassar, não pudemos fazer nada”, disse Norris.

O britânico, no entanto, espera seguir trabalhando forte para colocar a equipe nas primeiras colocações. Mas, para isso, ele sabe que não pode se empolgar com resultados isolados. Neste ano, ele subiu ao pódio na terceira posição no GP da Emilia Romagna e chegou em quinto na Austrália. 

“Temos que seguir trabalhando duro para tentarmos coisas diferentes. Às vezes, as coisas pareçam ótimas. Mas nunca é realmente com um ritmo genuíno. Às vezes, temos um pouco de sorte”, avaliou Lando.

No GP do Canadá, além da falta de ritmo, Norris precisou lidar com um pouco de azar. “Um dia como o domingo, quando você não tem a sorte ao seu lado, isso mostra onde realmente estamos”, completou.

Os pilotos da F1 voltam à ação para o GP da Grã-Bretanha, entre os dias 1º e 3 de julho. Os treinos livres e classificatório contam com cobertura completa do Bandsports