Notícias

F1: Ocon elogia Alonso e coloca companheiro na mesma prateleira de Senna e Schumacher

Da Redação BandSports 25/11/2021 • 07:10
"Estou contente de ser seu companheiro e orgulhoso de lutarmos juntos", disse o francês
"Estou contente de ser seu companheiro e orgulhoso de lutarmos juntos", disse o francês
Reprodução/Instagram Esteban Ocon

A “nova versão” de Fernando Alonso é uma das marcas do retorno do bicampeão mundial à Fórmula 1 após dois anos longe da categoria. Antes conhecido por normalmente ter uma convivência conflituosa com seus companheiros de equipe, agora na Alpine ele vive uma parceria amistosa e promissora com Esteban Ocon.

Animado com os bons frutos que estão sendo colhidos da dupla com o lendário espanhol, o jovem francês não poupou elogios e colocou o parceiro na mesma prateleira de ídolos como Ayrton Senna e Michael Schumacher, após mais um grande fim de semana da escuderia de Estone.

“Eu sei o quanto ele trabalha, o quanto de motivação ele ainda tem na idade dele. A experiência que ele valoriza e tudo que alcançou no esporte. Está entre os melhores: Senna, Schumacher... E sempre permanecerá ali. Por tudo o que estamos fazendo agora e como vejo que ele pensa em comparação aos outros pilotos, é sem precedentes. Não há ninguém que pense como ele. Estou contente de ser seu companheiro e orgulhoso de lutarmos juntos para alcançarmos nossos objetivos”, falou Ocon.

No Grande Prêmio do Catar, no último domingo, em um dos momentos marcantes da dupla, Alonso retornou ao pódio da categoria após sete anos, mas, para isso, ele contou com uma ajuda fundamental de Ocon. Já nas últimas voltas da corrida, o espanhol ocupava a terceira colocação quando pediu para o colega se “defender como um leão” dos ataques de Sergio Pérez. Apesar de não ter segurado o piloto da Red Bull por muito tempo, o francês conseguiu travar uma pequena batalha e tirou segundos preciosos do mexicano, que terminou a prova em quarto.

Algumas etapas antes disso, na Hungria, a situação foi contrária. Ocon liderava a prova, mas via Lewis Hamilton crescendo na disputa e escalando o pelotão para brigar pela vitória. Quando estava na quinta posição, porém, o britânico da Mercedes foi “segurado” por Alonso, que atrasou o heptacampeão e atrapalhou a sua luta pela primeira colocação, o que praticamente sacramentou o primeiro triunfo do companheiro francês na categoria. 

Para Ocon, entretanto, o bom momento da Alpine não fica restrito apenas aos pilotos. Ele destacou a atuação dos chefes da escuderia e mencionou o trabalho que os integrantes do time estão realizando para brigar no pelotão da frente da categoria no futuro.

“Houve um progresso enorme desde o início do ano. Temos uma equipe completamente transformada. Temos uma equipe unida e muita pressão positiva vinda dos chefes. Laurent Rossi e Luca de Meo são tão competitivos quanto nós. Há vibrações muito boas. É definitivamente um ambiente perfeito”, disse o francês.

“O plano, como diz Fernando, é deixar a equipe pronta para brigar por pódios e vitórias com mais frequência no futuro. É por isso que estamos nos esforçando tanto agora. Estamos todos trabalhando na mesma direção, e o objetivo é seguir progredindo”, encerrou. 

Na quinta colocação do mundial de construtores com 137 pontos, a Alpine busca manter a superioridade sobre a AlphaTauri no campeonato. 

Com cobertura completa do Bandsports e da Band nas duas últimas etapas da temporada da F1, os pilotos voltam à ação no fim de semana do GP da Arábia Saudita, entre os dias 3 e 5 de dezembro. Abu Dhabi encerra a temporada na semana seguinte.