Notícias

"Fomos agressivos, mas não tinha certeza se ia dar certo", diz Verstappen após vitória nos Estados Unidos

Da Redação BandSports 24/10/2021 • 18:05 - Atualizado em 24/10/2021 • 18:37
Holandês lidera o mundial com 287,5 pontos, 12 a mais que Hamilton, que tem 275,5
Holandês lidera o mundial com 287,5 pontos, 12 a mais que Hamilton, que tem 275,5
Reprodução/Instagram Max Verstappen

Mesmo depois de perder a ponta do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1 para Lewis Hamilton logo na largada, Max Verstappen mostrou que não vai deixar seu primeiro título mundial escapar tão fácil. O holandês da Red Bull recuperou a liderança da prova após parada no box e segurou o rival da Mercedes durante uma batalha eletrizante nas últimas voltas, para ser o primeiro piloto a receber a bandeira quadriculada, na tarde deste domingo, 24, no Circuito das Américas. 

Em entrevista após o término das 56 voltas, Verstappen destacou a estratégia agressiva de sua escuderia e mencionou a dificuldade para controlar o desgaste dos pneus no autódromo texano. Ele completou a prova com duas paradas nos boxes

“Com certeza [foi uma estratégia agressiva]. O desgaste dos pneus é grande nesta pista. Fomos agressivos, mas não tinha certeza se ia dar certo. As últimas voltas foram divertidas. Estou feliz, claro, por ter aguentado”, falou o piloto de 24 anos. 

Além de ser fundamental na luta pelo título mundial, a vitória deste domingo marcou o primeiro triunfo de Verstappen nos Estados Unidos. O holandês, aliás, se mostrou feliz com o retorno do país ao calendário da F1 após um ano atípico por causa da pandemia da covid-19. 

“É incrível estar aqui. Espero que possamos fazer isso por muitos anos”, encerrou ele diante da torcida, que vibrou durante toda a prova. 

O resultado em solo norte-americano deixou Verstappen com mais tranquilidade na liderança do campeonato mundial de pilotos. Após 17 etapas, ele tem 287,5 pontos, 12 a mais que Hamilton, que soma 275,5.

Com uma sequência de corridas no continente americano, os pilotos voltam à ação no GP do México, entre os dias 5 e 7 de novembro. Ainda neste domingo, o Bandsports exibe a prova do GP dos Estados Unidos na íntegra, às 21h.