Notícias

F1: Punido, Verstappen vai perder 3 posições no grid do GP da Rússia após acidente com Hamilton na Itália

Da Redação BandSports 12/09/2021 • 14:18 - Atualizado em 13/09/2021 • 08:58
Holandês foi considerado culpado pelo acidente com piloto da Mercedes
Holandês foi considerado culpado pelo acidente com piloto da Mercedes
Reprodução/Instagram Max Verstappen

Max Verstappen foi considerado o principal culpado pelo acidente com Lewis Hamilton, da Mercedes, no Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, neste domingo, 12. O piloto da Red Bull vai perder três posições no grid do GP da Rússia.

A punição foi definida em reunião envolvendo os comissários da FIA e representantes das equipes e ambos os pilotos. O holandês também recebeu dois pontos na superlicença. 

Por meio das redes sociais, Verstappen publicou um texto assumindo parte da responsabilidade pela batida. 

“Hoje foi um dia muito infeliz. O incidente poderia ter sido evitado se eu tivesse deixado espaço suficiente para fazer a curva. Você precisa de duas pessoas para fazer esse trabalho, e eu sinto que fui espremido para fora. Quando corremos uns com os outros, essa coisas podem acontecer, infelizmente”.

O acidente em questão aconteceu na 26ª volta da agitada corrida no circuito de Monza. Em mais uma briga intensa entre os dois, as rodas dos carros se tocaram, o RB16B de Verstappen passou pelas zebras e foi lançado por cima do W12 de Hamilton, ficando a centímetros da cabeça do heptacampeão. Os carros acabaram “encavalados” e presos na brita.

Com a disputa intensa, os pilotos da F1 voltam à ação entre os dias 24 e 26 de setembro. Os treinos livres e classificatório do GP da Rússia terão cobertura completa do Bandsports. A Band mostra a corrida.

Veja a explicação da FIA:

“Os comissários ouviram o piloto do carro 33 [Verstappen], o piloto do carro 44 [Hamilton] e os representantes das equipes, revisaram as evidências do vídeo e determinaram o piloto 33 como predominantemente culpado pela colisão com o carro 44 na curva 2. 

O carro 44 estava saindo dos boxes. O carro 33 estava na reta principal. Cinquenta metros antes da curva 1, o carro 44 estava à frente do 33, que freou mais tarde e ficou lado a lado com o 44, mas sem em momento algum ficar à frente.

Na opinião dos Comissários, esta manobra foi tentada tarde demais pelo piloto do carro 33. Enquanto o carro 44 poderia ter dirigido mais longe da zebra para evitar o incidente, no entanto, determinaram que sua posição era razoável e, portanto, consideram que o motorista do carro 33 é predominantemente culpado pelo incidente.

Para determinar a punição, os comissários enfatizam que eles só consideraram o incidente em si e não as consequências disso", comunicou a entidade.

  • verstappen
  • hamilton
  • fia
  • f1
  • fórmula 1
  • app
  • esportes
  • gp da itália