Notícias

F1: Verstappen espera "batalha acirrada" em busca da primeira vitória nos EUA

Da Redação Bandsports 21/10/2021 • 09:35
“Sempre fomos competitivos nos Estados Unidos", destacou o holandês
“Sempre fomos competitivos nos Estados Unidos", destacou o holandês
Reprodução/F1.com

Na luta pelo título inédito da Fórmula 1, Max Verstappen chega aos Estados Unidos seis pontos à frente de Lewis Hamilton. E para se manter no topo da tabela ele sabe a importância de somar mais um bom resultado em Austin.

Apesar de já ter terminado em quarto, terceiro e até segundo lugar, o holandês não sabe o que é vencer no Circuito das Américas, o que contrasta com o heptacampeão mundial, que é o maior vencedor do circuito, totalizando seis vitórias. Ciente da importância da vitória para se distanciar do britânico, Max destacou a importância de ter um carro competitivo no Texas que o permita brigar com reais chances pela vitória.

“Sempre fomos competitivos nos Estados Unidos e chegamos perto de alguns bons resultados. Então é sobre converter isso em uma vitória agora. Vamos para todas as pistas agora sabendo que podemos lutar pelo menos pelo pódio, mas também por uma vitória e isso é diferente dos anos anteriores”, salientou o holandês.

“Estamos focados em fazer o melhor que podemos e sempre tentar ganhar a corrida, e isso não será diferente em Austin. Será outra batalha acirrada neste fim de semana e estou ansioso por isso”, acrescentou.

Além da disputa entre os pilotos, Verstappen tem sido fundamental na luta da Red Bull pelo título entre os construtores. Outra peça chave nesta briga é Sergio Pérez, que voltou a subir no pódio na Turquia e ressaltou a importância de somar pontos para diminuir a vantagem da Mercedes, que atualmente é de 36 pontos.

“Eu me sinto ótimo no momento”, disse Perez. “Mal posso esperar para voltar ao carro e estou muito ansioso para este final de semana.”

“No início da temporada, sabíamos que deveríamos maximizar tudo do nosso lado. Acho que a Mercedes tem estado muito forte nas últimas quatro ou cinco corridas e não conseguimos igualá-la em velocidade. Mas acredito que Austin e o México serão boas provas para nós, onde poderemos apresentar desempenhos mais fortes”, concluiu o mexicano.

Após uma semana sem corrida, os pilotos retornam à pista neste final de semana para a disputa do Grande Prêmio dos Estados Unidos. Os treinos livres e classificatório terão cobertura do Bandsports. A corrida será transmitida pela Band.