Notícias

Após vaga na final, Daniel Alves exalta espírito olímpico e pede investimento

Da Redação BandSports 03/08/2021 • 08:35 - Atualizado em 03/08/2021 • 08:50

Capitão da seleção brasileira, Daniel Alves comemorou a classificação à final do futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 após a vitória por 4 a 1 sobre o México nos pênaltis (o tempo normal terminou 0 a 0) e se disse contagiado pelo espírito olímpico. 

“O espírito olímpico torna necessário que a gente dê algo a mais. É uma honra muito grande participar deste evento grandioso, que reúne os melhores atletas de todas as modalidades. Sou um privilegiado por representar meu país aqui. Agora falta um passo para conseguirmos o objetivo que é defender o ouro merecidamente conquistado no nosso país”, afirmou o lateral direito em entrevista ao Bandsports.

Dani deixou o futebol um pouco de lado e cobrou mais apoio ao esporte nacional como um todo. “Quero parabenizar todos os atletas que estão representando nosso país e nosso povo. Gostaria que se investisse mais em nossos atletas, que a base de muita honra e predisposição estão ganhando medalhas. Quem não ganhou também lutou e nos representou da melhor forma. Espero que as pessoas possam investir mais porque a nossa matéria é boa, é de luta e é persistente”, destacou. 

O capitão da seleção olímpica ainda comparou os caminhos do Brasil no ouro na Rio-2016 e agora em Tóquio. “Naquela ocasião não começamos tão bem, mas o importante não é como começa, é como acaba. O time entendeu o que a competição pedia. Agora é nossa vez. A gente se reinventa, se adapta, enfrenta equipes de escolas diferentes. Só falta um passo e vamos defender este ouro, com todo respeito ao adversário”, concluiu. 

O Brasil enfrenta na final o vencedor de Espanha e Japão, que duelam ainda na manhã desta terça-feira, 3. A decisão do futebol masculino será no próximo sábado, às 8h30 (de Brasília), em Yokohama, mesmo palco da conquista do pentacampeonato em 2002. 

  • daniel alves
  • futebol
  • brasil
  • tóquio-2020
  • app
  • olimpíada
  • bandsports