Notícias

Fernando Scheffer dedica bronze aos brasileiros e diz: "A ideia era nadar feliz"

Da Redação Bandsports 27/07/2021 • 00:11
Estreante em Olimpíadas garantiu um lugar no pódio nos 200m livre
Estreante em Olimpíadas garantiu um lugar no pódio nos 200m livre
Satiro Sodré/CBDA

Fernando Scheffer resgatou a tradição brasileira na natação ao conquistar nesta segunda-feira, 26, a medalha de bronze nos 200m livre nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Com o melhor tempo da carreira, ele ficou em terceiro lugar na final com a marca de 1min44s66.

Em entrevista ao repórter Marcelo Rozenberg, do Bandsports, o estreante em Olimpíadas comemorou o resultado e dividiu o feito com os brasileiros. O gaúcho de 23 anos colocou o país no pódio da prova 25 anos depois da prata de Gustavo Borges em Atlanta-1996.

“É até difícil falar. Demora um pouco para cair a ficha. Estou muito feliz. O sentimento que mais me preenche agora é o de gratidão. Hoje não fui eu que conquistei essa medalha, foi todo mundo. Só tenho agradecer a todo mundo que torceu no Brasil, que ficou acordado mandando boas energias”, afirmou.

“Consegui relaxar bem ontem. Tentei desligar a chavinha da natação e pensar em outras coisas, descansar um pouco a cabeça. Cheguei hoje 100%, cheio de vontade de nadar. A ideia era nadar feliz, aproveitando cada metro, cada braçada. E deu tudo certo. Fomos bem compensados”, completou.

Scheffer chegou à final com o pior tempo, mas conseguiu controlar bem o ritmo e brilhou na reta final. A 14ª medalha do país na história da modalidade tem um gosto ainda mais especial depois de um ciclo olímpico bastante complicado devido ao adiamento dos Jogos por causa da pandemia da covil-19

“Esse último ciclo foi muito difícil. A tinha que trabalhar com o que tinha ao nosso alcance. Não deixamos de acreditar em nenhum momento. A gente deu o nosso melhor todos os dias sempre acreditando. É um trabalho de muitas mãos, teve muita gente que trabalhou junto comigo”, finalizou.