Notícias

Gasly exalta treino classificatório no Azerbaijão: “Foi um dia incrível”

Da Redação BandSports 05/06/2021 • 17:57 - Atualizado em 05/06/2021 • 19:05
Francês vai largar na quarta colocação na corrida deste domingo
Francês vai largar na quarta colocação na corrida deste domingo
Reprodução/Instagram Pierre Gasly

O treino classificatório deste sábado, 5, foi surpreendente para todos os amantes da Fórmula 1. Em uma das sessões mais equilibradas dos últimos anos, Pierre Gasly assumiu um lugar entre os protagonistas do dia. Além de liderar o TL3, o piloto da AlphaTauri cravou 1min41s564, apenas 0s347 atrás de Charles Leclerc, da Ferrari, que ficou com a pole position, e garantiu a quarta colocação no grid de largada, mostrando que realmente pode estar na briga pelas primeiras posições no GP do Azerbaijão.

Com tantos motivos para comemorar, o jovem francês aproveitou para enaltecer o trabalho realizado pela equipe e ressaltou que por muito pouco não ficou com a terceira posição de largada, ocupada por Max Verstappen, da Red Bull.

“Foi um dia incrível para nós. P1 no terceiro treino livre e quarto na classificação, apenas um décimo de distância para a primeira fileira. Lutamos pela pole com Ferrari, Mercedes e Red Bull. Isso é algo que nunca aconteceu com a gente. Todos os nossos finais de semana são incrivelmente fortes e eu me sinto bem no carro. Faltou pouco para superar Max”, disse o piloto de 25 anos.

Disputas diretas com a Red Bull tem um gosto especial para Gasly. Em 2019, após algumas corridas com resultados abaixo do esperado, o francês foi rebaixado pela escuderia austríaca e voltou para a antiga Toro Rosso, atual AlphaTauri, equipe irmã da RBR.

Entre os motivos que levaram ao seu aumento de competitividade e desempenho neste sábado, ele destacou a confiança que teve antes da sessão classificatória.

“É uma sensação boa. Eu vou lá, faço o que preciso e somos competitivos. Fiquei muito animado na qualificação. Quando você sabe que tem desempenho para lutar pelas primeiras colocações, isso provoca algo dentro de você”, comentou ele.

A situação da AlphaTauri, no entanto, só não foi melhor porque Yuki Tsunoda colidiu contra o muro e forçou o encerramento da sessão a um minuto do fim. Como um bom companheiro de time, Gasly tratou de levantar o moral do japonês, que vai largar na sétima colocação. 

“Ele foi muito bem, especialmente no ritmo da sessão. Acho que ele foi muito forte. Essa pista é extremamente difícil, vimos muita gente cometendo erros. No final do dia, acho que ele deve estar satisfeito com o que fez no Q3”, afirmou.

Com uma vitória conquistada no GP da Itália de 2020 no currículo, Gasly deixou claro que estará forte na disputa pelas ruas de Baku. “Fomos bem, considerando que focamos um pouco na corrida. Temos dois conjuntos de pneus duros. Acho que estamos em uma boa posição.”

Com a AlphaTauri podendo surpreender, os pilotos voltam à pista neste domingo, 6, às 9h. A corrida terá cobertura completa da Band