Notícias

Glenda Kozlowski chora, invade comemoração e "toma" medalha de Ítalo Ferreira

Da Redação 27/07/2021 • 14:55 - Atualizado em 27/07/2021 • 15:02

Direto do Japão, Glenda Kozlowski se emocionou ao comemorar a medalha de ouro do surfista Ítalo Ferreira, a primeira do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Tetracampeã mundial de bodyboarding, Glenda chorou ao relembrar o início difícil do surfe no Brasil.

"É muito bonito estar vivendo esse momento aqui. Eu fico até emocionada porque o surfe, lá atrás, era muita roubada. A gente viajava sem dinheiro, na cara e na coragem. A gente não, os surfistas que disputavam o circuito mundial. Estou fazendo uma homenagem ao Teco Padaratz, Rico de Souza, todos os surfistas da década de 70, 80, que eram marginalizados. Tá aí, o sonho daqueles doidões virou uma medalha de ouro olímpica ", disse Glenda em conversa com Carla Bigatto e Sheila Magalhães na BandNews FM.

"Intrusa" na festa dos medalhistas olímpicos, Glenda relatou que Ítalo Ferreira comemorou comendo sushi, mas o que ele queria mesmo era comer cuscuz, como um bom potiguar.

Glenda ainda conseguiu a façanha de segurar a medalha de ouro de Ítalo Ferreira, a primeira do Brasil em Tóquio-2020, que não conseguiu ficar muito tempo longe da conquista e logo pediu de volta com bom humor.

  • olimpíadas
  • tóquio2020
  • app
  • italo ferreira
  • ouro