Notícias

"Tia" Glenda Kozlowski chora em reencontro com Rayssa Leal em Tóquio

Da Redação 26/07/2021 • 09:45 - Atualizado em 26/07/2021 • 12:15
Glenda abraça Rayssa Leal e chora em reencontro em Tóquio
Glenda abraça Rayssa Leal e chora em reencontro em Tóquio
Reprodução/Instagram

Quando ainda era uma criança de sete anos, Rayssa Leal ganhou a internet com um vídeo em que aparecia acertando uma manobra na sua cidade, Imperatriz, no Maranhã. Foi em 2015, em uma participação na TV Globo, que a skatista mirim conheceu a jornalista Glenda Kozlowski e chorou ao se deparar com a também skatista campeã mundial Letícia Bufoni. Seis anos depois, quem chorou foi Glenda.

Em Tóquio cobrindo os Jogos Olímpicos pelo Grupo Bandeirantes, a jornalista reencontrou Rayssa, agora de medalha de prata no peito e sem a roupinha de fada, que valeu o apelido.

As duas se abraçaram, e Glenda não segurou as lágrimas.

“Agora é você que está chorando”, disse Rayssa. “Pois é, agora eu que estou chorando”, disse a jornalista, em referência ao primeiro encontro, de 2015.

“Chora não, chora não. Obrigado, tia”, repetiu Rayssa, que encontrou Glenda na sede do COB em Tóquio durante a Olimpíada.

Depois Glenda acompanhou Rayssa até o refeitório, e registou a primeira refeição da medalhista após a conquista: salada, arroz, feijão e hambúrguer. Assista:

Veja o texto postado por Glenda:

Nosso encontro.

Ela não cabe mais no meu colo!

E agora quem chora sou eu….

E quem cuida de mim é ela!!

Não chora Tia!

Como não chorar com os caminhos fantásticos que a vida nos leva?

Como não se emocionar com a história de uma criança que sabe sonhar?

Como não se emocionar ao lado de uma medalhista olímpica?

Esporte, muito obrigada por cada dia, cada ensinamento, cada instante que eu tenho pra aprender a viver a vida e ser feliz. Gratidão eterna.

Rayssa Leal, você é um presente de Deus! Você e toda a sua família linda!

Peço desculpas pela falha na hora de perder a imagem… mas tem momentos que nada é mais importante que aquele abraço apertado, olho no olho.

  • olimpíadas
  • tóquio2020
  • app