Notícias

Hamilton comemora 100ª vitória na Fórmula 1 e elogia atuação de Norris

Da Redação BandSports 26/09/2021 • 11:04 - Atualizado em 27/09/2021 • 10:24
Heptacampeão mundial aproveitou a chuva que castigava o autódromo de Sochi
Heptacampeão mundial aproveitou a chuva que castigava o autódromo de Sochi
Reprodução/Twitter Fórmula 1

O Grande Prêmio da Rússia deste domingo, 26, marcou a 100ª vitória de Lewis Hamilton na Fórmula 1. Agora líder do campeonato mundial, o britânico da Mercedes largou mal e chegou a cair para a sétima colocação, mas mostrou que não pretende deixar o título ficar nas mãos de Max Verstappen, da Red Bull, aproveitou da pista castigada pela chuva e foi o primeiro piloto a receber a bandeira quadriculada no autódromo de Sochi.

Para alcançar o triunfo que o recolocou no topo do pódio após quatro provas atípicas – sua última vitória havia sido no GP da Grã-Bretanha – o heptacampeão mundial contou com erro de estratégia de Lando Norris, que liderou grande parte das 53 voltas, mas optou por continuar usando pneus slicks, mesmo com a chuva apertando no traçado. 

Após a corrida, Hamilton exaltou o trabalho da Mercedes, que insistiu na ida do piloto aos boxes no momento em que a água tomou conta de Sochi, e elogiou o compatriota Norris, que acabou a corrida na sétima colocação.

“Que corrida o tempo nos proporcionou. Demorei para chegar à 100 vitórias e não tinha certeza se conseguiria. Teria sido difícil passar Lando, ao menos que tivéssemos algum trânsito ou ele errasse, o que não tem acontecido. Então a chuva veio em momento oportuno”, falou em entrevista à F1. 

“A equipe fez muito bem no final. Eu não queria deixar Lando avançar. Sou incrivelmente grato a todos esses homens e mulheres que estão aqui e na fábrica”, continuou, antes de enaltecer a recuperação da McLaren, escuderia em que conquistou seu primeiro mundial, na temporada.

“O Lando fez um trabalho maravilhoso e está sendo incrível na McLaren. É muito bom ver minha antiga equipe andando tão bem”, afirmou.

Apesar da grande vitória, Hamilton reconheceu que o fim de semana na Rússia não foi dos melhores. Depois da Mercedes dominar os dois treinos livres, ele viu sua pole position escapar nos últimos segundos da classificação e teve que largar da quarta posição do grid inicial.

“Quando fui para cama ontem, eu não estava feliz com o trabalho que tinha feito. Eu assisti o replay [da classificação] e vi erros sutis, mas que não são o ideal. Eu acordei determinado a fazer o meu melhor. Perdi muito terreno no começo tentando evitar problemas”, encerrou. 

Com 246,5 pontos, dois a mais que Verstappen, que tem 244,5, Hamilton volta à ação entre os dias 8 e 10 de outubro, para as emoções do Grande Prêmio da Turquia. O Bandsports exibe ao vivo os treinos livres e classificatório da etapa disputada no Circuito de Istambul. A Band mostra a corrida.

  • lewis hamilton
  • mercedes
  • f1
  • fórmula 1
  • app
  • esportes
  • gp da rússia