Notícias

Hamilton demonstra apoio a Osaka: “Somos apenas seres humanos”

Da Redação BandSports 01/06/2021 • 15:32 - Atualizado em 01/06/2021 • 16:46
Piloto falou sobre os cuidados com a saúde mental e destacou coragem da tenista
Piloto falou sobre os cuidados com a saúde mental e destacou coragem da tenista
Reprodução/Instagram Lewis Hamilton

Heptacampeão de Fórmula 1, Lewis Hamilton não deixou o abandono de Naomi Osaka em Roland Garros passar batido. Nesta terça-feira, 1º, o britânico usou suas redes sociais para demonstrar apoio à tenista de 23 anos. Na segunda, ela desistiu do Grand Slam francês após sofrer uma enxurrada de críticas e ser multada em 15 mil dólares (cerca de R$ 78 mil) por não aceitar conceder entrevistas durante o torneio. Ao anunciar sua saída, a número 2 do mundo fez um depoimento comovente sobre o fato de vir sofrendo com depressão e crises de ansiedade. 

Sempre envolvido em causas além do esporte, Hamilton mencionou a importância dos cuidados com a saúde mental e destacou a coragem de Osaka em falar sobre o tema. 

“Nós somos apenas seres humanos. Saúde mental não é brincadeira, isso é real e sério. É preciso muita coragem para lidar com isso. Vamos garantir que Naomi Osaka saiba que não está sozinha. Hoje é um bom dia para verificar como seus amigos e pessoas queridas estão, e falar que eles não estão sozinhos. Um simples texto pode ajudar”, escreveu.

Segundo Osaka, desde a final do US Open de 2018, quando foi vaiada pelo público após vencer Serena Williams, ela tem sofrido com quadros de depressão. 

Com a repercussão do caso, a organização dos quatro Grand Slams de tênis – Wimbledon, Australian Open, US Open e RG – emitiu um comunicado dando apoio à tenista. No domingo, a direção de Roland Garros cogitou a exclusão da japonesa do torneio, caso ela não aceitasse falar com a imprensa.

“Em nome dos Grand Slams, queremos oferecer nosso apoio e assistência a Osaka. Ela é uma atleta excepcional e estamos ansiosos por seu retorno, assim que ela julgar apropriado. A saúde mental é algo desafiador. É complexo e pessoal, o que afeta um indivíduo não necessariamente vai afetar o outro”, publicou a direção dos Majors. 

Antes do abandono, Osaka havia eliminado a romena Patricia Maria Tig por 2 sets a 0 em sua estreia em Paris. Diante da situação, Ana Bogdan, que seria sua próxima adversária, avançou automaticamente para a terceira rodada.