Notícias

Hamilton destaca “pista complicada” e projeta disputa “apertada” em Jeddah

Da Redação Bandsports 04/12/2021 • 15:45 - Atualizado em 04/12/2021 • 17:37
"A pista é muito técnica e complexa", analisou o heptacampeão
"A pista é muito técnica e complexa", analisou o heptacampeão
Reprodução/Twitter F1

Lewis Hamilton conquistou de maneira emocionante a pole position do GP da Arábia Saudita de Fórmula 1. Na classificação deste sábado, 4, o britânico havia cravado uma volta de 1min27s511 quando Max Verstappen cresceu e diminuiu o tempo nos dois primeiros setores da pista. Nos últimos metros da tentativa, no entanto, o holandês bateu e a posição de honra permaneceu nas mãos do piloto da Mercedes. 

Com dois acidentes marcantes ao longo do fim de semana – Charles Leclerc, da Ferrari, também colidiu no muro, na sexta-feira –, o heptacampeão mundial analisou as dificuldades do veloz Circuito de Jeddah.

“Que pista complicada de se guiar. Ela é muito técnica e complexa, mas ao mesmo tempo é incrível ver o que eles fizeram nesta pista, a velocidade e o ritmo são realmente impressionantes”, disse ele após a sessão classificatória.

Apesar de ter ficado com a pole e contar com a companhia de seu companheiro de escuderia, Valtteri Bottas, na primeira fila, Hamilton não se mostrou contente com o ritmo da Mercedes na classificação, mas aproveitou a oportunidade para elogiar o amigo finlandês, que deixará o time no final da temporada.

“Na classificação, especialmente no Q3, eu não senti que tínhamos ritmo para conquistar a pole position, mas eu queria parabenizar o Valtteri [Bottas] e todos da equipe que trabalharam incansavelmente para obter este resultado. Ele [Valtteri] é o melhor companheiro que eu já tive neste esporte”, destacou.

“Nós trabalhamos muito com a equipe para conseguirmos montar o melhor acerto possível, inclusive com a ajuda do Valtteri. Eles [Red Bull] estavam muito rápidos hoje, o que torna o nosso resultado ainda mais expressivo. Estou muito feliz”, continuou.

Felicidade à parte com a superação da Mercedes, o britânico não espera vida fácil durante a corrida, mas garantiu que não vai faltar vontade dele e de Bottas. 

“Com certeza seremos [desafiados pela Red Bull]. Eles estiveram ao longo de todo o ano muito próximos de nós nas corridas, então, não imagino que será diferente. Vai ser uma disputa apertada, mas eu e o Valtteri vamos dar o nosso melhor para conseguir um bom resultado”, encerrou.

A duas corridas do fim do campeonato, a temporada não poderia estar mais emocionante e acirrada. Hamilton ocupa a vice-liderança da tabela com 343,5 pontos, oito a menos que Verstappen, que soma 351,5.

Os pilotos agora voltam à ação neste domingo, 5. O GP da Arábia Saudita terá cobertura completa da Band a partir das 14h (horário de Brasília). O Bandsports exibe o VT da prova às 21h;