Notícias

Hamilton revela ter enfrentado problemas estomacais e para dormir, mas celebra pole no Catar: “última volta foi linda”

Da Redação BandSports 20/11/2021 • 12:41 - Atualizado em 20/11/2021 • 14:08
Heptacampeão garantiu a primeira pole da história do GP do Catar de F1
Heptacampeão garantiu a primeira pole da história do GP do Catar de F1
Reprodução/Twitter Mercedes

Para cravar uma volta de 1min20s827 e ficar marcado como o primeiro pole position da história do GP do Catar de Fórmula 1, além de se adaptar rapidamente ao traçado inédito, Lewis Hamilton precisou superar o cansaço e problemas estomacais que lhe afetaram ao longo da semana. 

Em entrevista a David Coulthard logo após a classificação deste sábado, 20, o heptacampeão mundial revelou que acompanhou de perto o trabalho dos engenheiros da Mercedes nos últimos dias e precisou enfrentar o mal-estar desde sua chegada ao país do Oriente Médio.

“Ontem foi um dia difícil para nós, não estava me sentindo muito bem, tive que trabalhar bastante, trabalhar com os engenheiros. Senti dor de estômago desde quarta-feira, mas hoje estou me sentindo bem, consegui dormir bem essa noite”, disse o piloto de 36 anos.

Em conversa com a repórter Mariana Becker, do Bandsports e da Band, Hamilton contou ainda que dormiu mal também durante a semana, chegando a acordar às 3h, 4h da madrugada.

Problemas à parte, o britânico rasgou elogios à inédita experiência no Circuito Internacional de Losail, mas mencionou a dificuldade de acompanhar os rivais durante a corrida.

“Minha primeira vez correndo aqui, é muito bom ver novos fãs. Aquela última volta foi linda. Esta pista é incrível de dirigir. Me senti bem”, celebrou Hamilton.

“Estar numa pista muito rápida, não é muito fácil seguir um carro de perto aqui, mas todos nós estamos largando de [pneus] médios, que é bem duro, e pode ser apenas uma parada aqui. Não é uma reta muito longa até a primeira curva, vamos ver o que vai acontecer...”, completou. 

O piloto da Mercedes terá a missão de repetir seu impressionante desempenho no Brasil para se manter vivo na briga pelo título com o rival Max Verstappen, da Red Bull. A três provas do fim da temporada, Hamilton soma 318,5 pontos e tem 14 de desvantagem para o holandês, que aparece com 332,5.

Com o grid de largada definido, os pilotos voltam à pista neste domingo, 21, para as emoções do GP do Catar. A partir de 10h30 (horário de Brasília), a corrida no Circuito Internacional de Losail conta com cobertura completa da Band. O Bandsports exibe o VT, às 21h.