Notícias

Hamilton sai em defesa de jogadores da Inglaterra vítimas de racismo

Da Redação Bandsports 12/07/2021 • 11:46
Rashford é consolado por companheiros de seleção após pênalti desperdiçado
Rashford é consolado por companheiros de seleção após pênalti desperdiçado
Instagram/Seleção Inglesa

Após a derrota nos pênaltis para a Itália na decisão da Eurocopa, três jogadores da seleção da Inglaterra foram alvos de racismo. Marcus Rashford, Jadon Sancho e Bukayo Saka desperdiçaram suas cobranças e receberam uma série de ofensas nas redes sociais.

A atitude lamentável foi condenada por Lewis Hamilton, heptacampeão de Fórmula 1 e um dos atletas mais engajados na luta pela igualdade racial. Em seu perfil no Instagram, o piloto inglês defendeu os jogadores e ressaltou o orgulho pela campanha do país na Euro.

“O comportamento nojento de poucos mostra quanto trabalho ainda precisa ser feito. Espero que isso abra uma conversa sobre aceitação. Devemos trabalhar em prol de uma sociedade que não exija que os jogadores negros provem seu valor ou posição na sociedade apenas por meio da vitória. Todos na seleção da Inglaterra deveriam estar muito orgulhosos de suas conquistas e de como nos representaram”, disse o piloto da Mercedes.

Os perfis dos atletas foram atacados com emojis de macacos, bananas e outras ofensas raciais. A FA (Federação Inglesa) também condenou o ocorrido e prometeu trabalhar para punir os responsáveis pelo insultos online.

“A FA condena fortemente todas as formas de discriminação e está chocada com o racismo online que tem se dirigido a alguns de nossos jogadores da Inglaterra nas redes sociais. Não poderíamos deixar mais claro que alguém por trás de tal comportamento nojento não é bem-vindo na torcida da equipe. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para apoiar os jogadores afetados e, ao mesmo tempo, pedir as punições mais duras possíveis para todos os responsáveis”, afirmou a entidade.

  • hamilton
  • racismo
  • inglaterra
  • eurocopa
  • futebol
  • esportes
  • app