Notícias

Hebert Conceição vence batalha contra ucraniano e conquista ouro olímpico

Da Redação BandSports 07/08/2021 • 03:14 - Atualizado em 07/08/2021 • 10:05
Em reação espetacular, brasileiro nocauteou campeão mundial
Em reação espetacular, brasileiro nocauteou campeão mundial
Divulgação/Wander Roberto/COB

O nome de Hebert Conceição está eternizado na história do boxe brasileiro. Na madrugada deste sábado, 7, o pugilista baiano travou uma verdadeira guerra contra o campeão mundial Oleksandr Khyzhniak e conquistou a medalha de ouro da categoria peso médio (até 75kg) dos Jogos Olímpicos. 

Com o soar do gongo na Arena Kokugikan, o ucraniano não demorou para mostrar seu estilo agressivo e deixou o brasileiro contra as cordas durante boa parte do combate.

Apesar da luta franca, a superioridade do rival era notória na visão dos árbitros e o revés parecia inevitável. Mas, sem desistir do sonho olímpico, o soteropolitano reagiu e, em uma sequência avassaladora de golpes, a mão esquerda entrou para derrubar Khyzhniak e garantir a vitória por nocaute. 

As atividades do boxe brasileiro em Tóquio não se encerraram com o triunfo de Hebert. Na madrugada deste domingo, 8, às 2h (horário de Brasília), Bia Ferreira decide o ouro da categoria peso leve (até 60kg) contra a irlandesa Kellie Harrington. Em edição histórica para a nobre arte, o Time Brasil também conquistou o bronze com Abner Teixeira.

Além dos nomes que estão fazendo história no Japão, o boxe nacional conta com mais cinco medalhas olímpicas. Na Cidade do México-1968, Servílio de Oliveira abriu alas para o esporte e garantiu o bronze. Anos depois, nos Jogos de Londres, Esquiva Falcão, com a prata, e Yamaguchi Falcão e Adriana Araújo com medalhas de bronze recolocaram o país no mapa do esporte olímpico. A consagração aconteceu em solo brasileiro. Em 2016, Robson Conceição garantiu o primeiro ouro do Brasil na modalidade. 

  • hebert conceição
  • boxe
  • tóquio
  • app
  • esportes
  • olimpíada