Notícias

Herói, Santos fala em comemorar “um pouquinho” e pede concentração na final por bi olímpico

Da Redação 03/08/2021 • 08:43 - Atualizado em 03/08/2021 • 13:01

Herói da classificação do Brasil para a final do futebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o goleiro Santos saiu de campo após a vitória nos pênaltis sobre o México já pensando na decisão, marcada para o próximo sábado, 7, em Yokohama.

“Vamos comemorar um pouquinho e logo na sequência concentrar porque temos uma decisão para jogar”, declarou o arqueiro, que defendeu a primeira cobrança do México, de Aguirre, e abriu caminho para a vitória do Brasil, que teve transmissão do Bandsports.

“[Vamos] Concentrar o máximo possível. Do outro lado tem duas seleções muito boas [Japão e Espanha fazem a outra semi]. Temos que entrar com foco total”, pediu o goleiro do Athletico-PR.

Santos, um dos jogadores acima de 24 anos do elenco olímpico – ele tem 31 anos – foi econômico ao comentar o próprio feito.

“Fico feliz de poder contribuir e ajudar os companheiros a colocar o Brasil numa final olímpica. Foi um jogo pesado”, declarou.

  • olimpíadas
  • tóquio2020
  • app